Abrantes: Açude insuflável foi reparado, melhorado e já está em funcionamento

18/09/2018 às 00:00

Na reunião do Executivo da Câmara Municipal de Abrantes, realizada esta terça-feira, 18 de setembro, o vereador do Bloco de Esquerda questionou o vice-presidente acerca do ponto de situação da obra no açude insuflável. João Gomes deu conta do que já foi feito, do que se está ainda a fazer mas afirmou que, “em termos de obra física, os trabalhos estão concluídos”.

Aproveitámos para fazer as reparações que tinham sido causados no açude por atos de vandalismo e já que tivemos que abrir o açude e criar uma ensecadeira para trabalharmos abaixo da cota do nível da água, fizemos também a substituição de alguns equipamentos ao nível das fixações, substituição de parafusos, calhas e uma inspeção geral a todo o equipamento”, avançou João Gomes.

O vice-presidente também informou que foram efetuadas melhorias ao nível da programação e explicou que, agora, as comportas não necessitam de estar todas insufladas ao mesmo tempo nem à mesma cota. A nova atualização do software “permite-nos controlar a insuflação de cada comporta dos vários vãos, com várias alterações de pressão e fazer uma melhor monitorização dos caudais”.

Esta nova funcionalidade vai implicar ainda “uma maior atração da escada de peixe”. João Gomes explicou que “vamos ter uma programação com o vão que se encontra junto à escada de peixe, que vai estar sempre mais baixo, com menos pressão do que os outros, o que vai criar uma maior queda de água naquele espaço e criar uma atração para os peixes poderem entrar e fazer a subida pela escada”.

Neste momento, falta apenas repor a sinalização, “por questões de segurança”. João Gomes espera “que não sejam vandalizadas logo de seguida porque já repusemos aquela sinalização e sobretudo as bóias várias vezes”. Acrescentou ainda que, “neste momento, já temos um sistema de vídeo-vigilância a funcionar no local”.

Está tudo a funcionar, temos mais valias do que tínhamos antes e já temos o nosso espelho de água em funcionamento”, afirmou, acrescentando que se tratou “de uma obra complexa, difícil, que exigiu a coordenação de várias empresas mas, felizmente, correu tudo bem e conseguimos cumprir a obra dentro dos prazos”.

 

Partilhar nas redes sociais:
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - dezembro 2022
Jornal de Abrantes - dezembro 2022
PUB