ESPECIAL COVID-19

Abrantes: Bandeira Azul hasteada hoje na praia fluvial da Aldeia do Mato

2017-07-06

Foi hasteada hoje pela 7ª vez a Bandeira Azul na praia fluvial da Aldeia do Mato, em Abrantes, uma distinção que é um símbolo de qualidade ambiental atribuído anualmente às praias.

A presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque reconhece esta distinção como uma “mais-valia,” esclarecendo que no “fundo é um atestado da qualidade da água e das infraestruturas”.  A autarca reforçou que com estas condições é mais fácil “alicerçar uma estratégia de desenvolvimento sustentável tendo por base o turismo”.

Maria do Céu Albuquerque refere que a Câmara Municipal tem vindo a fazer “um grande investimento ao longo dos anos”, com a instalação da praia, dos bungalows” e muito recentemente o Município substituiu “toda a madeira [da plataforma] que se apresentava bastante debilitada". A presidente reconhece a importância que "este equipamento tem para promoção do concelho”.

A autarca afirma ainda que “recentemente instalaram o cable park à semelhança do que aconteceu nos outros Municípios que circundam a Albufeira, criando uma rede para sustentação desta nova modalidade”.

"A Câmara, em parceria com a Junta de Freguesia das Fontes, está a criar condições, para instalar, ainda este ano, uma praia fluvial na freguesia”, finaliza Maria do Céu Albuquerque.

A praia fluvial da Aldeia do Mato fica localizada na albufeira de Castelo de Bode, na margem esquerda do rio Zêzere. O espaço balnear é uma das principais atrações turísticas da região, pela natureza envolvente, mas também pelas condições que oferece para atividades de recreio e lazer.

A Bandeira Azul é um símbolo de qualidade ambiental atribuído anualmente às praias e portos de recreio e marinas que se candidatam e que cumpram um conjunto de critérios. Os Critérios do Programa Bandeira Azul estão divididos em 4 grupos: Informação e Educação Ambiental; Qualidade da Água; Gestão Ambiental e Equipamentos e Segurança e Serviços.

 

Fátima Saraiva_Estagiária ESTA

2017-07-06