ESPECIAL COVID-19

Abrantes: Já arrancou o Festival de Filosofia que pretende discutir a “Cidade e a Arte”

2021-11-18

A interação entre a “Cidade e a Arte” é o tema central do Festival de Filosofia de Abrantes que está a realizar-se até dia 20 de novembro. Regressa este ano ao modelo presencial e é organizado pela Câmara Municipal, com o alto patrocínio do Presidente da República.

Durante três dias, pensadores, académicos, artistas e investigadores nacionais vão pensar e debater de forma aberta o papel da arte, nas suas múltiplas disciplinas, na tensão dialética entre a sua realidade e o contexto social. O Festival, cujos painéis decorrem no Edifício Pirâmide, abriu esta tarde com uma intervenção do presidente da Câmara Municipal, Manuel Jorge Valamatos.

“Este Festival de Filosofia começou por empenho de três professores da nossa comunidade e que formam o Clube de Filosofia de Abrantes”, lembrou o autarca, referindo-se a Nelson Carvalho, Alves Jana e Mário Pissarra dizendo que “gostaríamos muito de poder continuar a contar com eles” e a quem agradeceu “o terem lançado este desafio para a nossa comunidade”.

Sobe o tema do Festival, a “Cidade e a Arte”, Manuel Jorge Valamatos considerou que se “pretende discutir e falar sobre aquilo que é hoje o nosso mundo e Abrantes não é diferente das outras cidades em todo o mundo. Será diferente pela sua especificidade, mas os temas centrais, como as questões da humanidade” são iguais em todo o lado.

Espera o presidente da Câmara que, durante os três dias do Festival de Filosofia, “se possa pensar não apenas a cidade, mas o concelho e a comunidade” pois “são estes ambientes que nos ajudam a pensar o futuro”.

 

Após a abertura oficial, a conferência inaugural ficou a cargo do historiador de arte e curador da Coleção de Arte Contemporânea, David Santos.

Na sua apresentação, mais focada nos museus, não deixou de “sublinhar a importância de o Município de Abrantes em desenvolver o projeto do MIAA – Museu Ibérico Arqueologia e Arte”.

 

Seguiu-se a primeira conferência do Festival de Filosofia onde os convidados foram os jovens filósofos. Em representação da Escola Solano de Abreu, esteve a Lara Domingos, aluna do 11.º ano. Carolina Pires e Leonor Pires, alunas do 10.º ano, foram as representantes da Escola Manuel Fernandes e Jasmim Nogueira, aluna do 1.º ano do Curso Profissional de Cozinha e Pastelaria, representou a Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes.

Numa sala repleta de jovens, houve apresentações, perguntas e testemunhos. A arte vista pelos jovens de hoje que poderão fazer a diferença amanhã.

O Festival de Filosofia de Abrantes prossegue até sábado e pode consultar o programa completo AQUI.

 

2021-11-18