ESPECIAL COVID-19

Em Mação, o Dia da Criança vai levar alegria porta-a-porta

2020-05-26
DR: Município Mação
DR: Município Mação

A Câmara Municipal de Mação promove, há mais de duas décadas, a comemoração do Dia Mundial da Criança, muitas vezes inseridas no âmbito das atividades letivas,

Mas este ano, com as escolas maioritariamente fechadas, a comemoração do dia 1 de junho firmou-se um desafio para a autarquia.

A solução passa assim por fazer uma festa em casa, porta-a-porta, com um Dia da Criança itinerante por todo o concelho de Mação, dentro dos seus quase 400 km2.

Explica o Município maçaense que a perspetiva é de levar uma lembrança simbólica e animação a mais de 300 crianças, através de técnicos da autarquia e de uma empresa de animação, que pretendem chegar até às aldeias onde há apenas uma criança, tornando o seu dia ainda mais especial.

Recorde-se que nesse dia há crianças que regressam ao Jardim de Infância, mas que vão ter a sua surpresa na mesma.

Em declarações a este respeito, o presidente do Município de Mação, Vasco Estrela, admite que estes novos tempos têm sido “desafiantes” e que o Dia da Criança “acaba por entrar neste novo modelo, porque é um público, tal como os outros, que merece tudo o que de bom lhe possamos proporcionar, integrando esta política de proximidade segura. Não podíamos, obviamente, deixar de assinalar esta data como, de resto, fazemos há anos”.

O autarca reforça que com a pandemia de Covid-19, o Município reforçou a sua oferta de atividades nas redes sociais ao mesmo tempo que “temos tido, também, de forma empenhada e extraordinária, funcionários na rua, terra a terra a levar o que é necessário à nossa população. Refiro-me às máscaras comunitárias que estão a ser distribuídas porta-a-porta, a material de proteção ao comércio, serviços e estabelecimentos de restauração e bebidas de todo o concelho, assim como a material de lazer e ocupação do tempo aos utentes do Clube e da Universidade Sénior e equipamento de proteção individual às IPSS. Tem sido uma nova forma de trabalhar e, apesar do distanciamento, do confinamento, temos tido esta proximidade, com a devida proteção e segurança”.

2020-05-26