Antena Livre
Deseja receber notificações?
CIMT
PUB

PONTOS ESSENCIAIS: Limitações nas urgências do SNS por região

18/12/2023 às 22:02

O Serviço Nacional de Saúde vai ter esta semana 33 unidades com urgências a funcionar com limitações, de acordo com o plano de reorganização da rede divulgado no sábado à noite pela Direção Executiva do SNS.

Limitações nas urgências por região:

Região Norte

A urgência de ortopedia do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, em Vila Real, vai ter constrangimentos nas noites dos dias de hoje e 21, sendo os doentes enviados para o Centro Hospitalar Universitário de Santo António, no Porto.

O Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, em Chaves, vai ter dificuldades, durante toda a semana, nas urgências de pediatria e ortopedia. No caso da primeira especialidade os doentes serão reencaminhados para o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro de Vila Real e no caso da segunda para o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro de Vila Real e para o Centro Hospitalar Universitário de Santo António, no Porto.

A urgência de cirurgia geral do Hospital de Mirandela irá referenciar, durante este período, para o hospital de Bragança.

No caso do hospital de Braga, com o mesmo problema, os doentes serão reencaminhados para o hospital de São João, no Porto.

A Unidade Hospitalar de Viana do Castelo regista limitações na urgência de cirurgia geral hoje, nas noites de hoje e até quinta-feira, bem como durante 24 horas na sexta-feira e no sábado, sendo os doentes reenviados para Centro Hospitalar Universitário de São João, no Porto.

Os constrangimentos no hospital de Viana ocorrem igualmente nos casos da Via Verde AVC e da medicina interna na noite de dia 22 e durante todo o dia 23, podendo recorrer-se ao hospital de Braga.

Já a Unidade Hospitalar de Vila Nova de Famalicão não terá a funcionar nos dias 20 e 23 a urgência de cirurgia geral, que é substituída pela do hospital de São João, no Porto.

No Hospital de Santa Maria Maior, em Barcelos, a cirurgia geral estará sempre condicionada (hospital de referência é no Porto - São João). Para Braga vão os utentes de pediatria e ortopedia durante todas as noites desta semana.

Na Unidade Local de Matosinhos está condicionada a cirurgia geral nos dias de hoje, sexta-feira e sábado, sendo o hospital de São João a referência.

Também o Centro Hospitalar da Póvoa de Varzim/Vila do Conde regista constrangimentos nas urgências de cirurgia geral e de ortopedia durante todas das noites desta semana. Os doentes serão enviados para o Porto (São João).

Ainda na região norte, em Penafiel, as especialidades de pediatria e cirurgia do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa contam com limitações, no caso da primeira no dia 23 (referência São João, Porto) e no da segunda todos os dias da semana (referência Santo António, Porto).

O hospital de Oliveira de Azeméis não conta com o serviço de urgência básica todo o dia 19, bem como na noite de dia 22 e durante o dia no sábado, podendo recorrer-se ao Serviço de Urgência Médico-cirúrgica de Santa Maria da Feira.

Região Centro

Na região Centro, que tem 17 pontos na rede de urgência do SNS, a Unidade Hospitalar Tondela, Viseu, regista restrições no serviço de ortopedia todas as noites desta semana, com os doentes a serem enviados para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

O hospital da Guarda vai ter constrangimentos na urgência de ortopedia durante todo o dia de hoje, na terça-feira, na sexta-feira e no sábado, sendo os doentes referenciados para Viseu. A Via Verde AVC não funciona nos dias 21, 22 e 23, recorrendo-se ao Centro Hospitalar Universitário da Cova da Beira, enquanto no caso da medicina interna, afetada nos mesmos três dias, a referência é o hospital universitário de Coimbra.

O Serviço de Urgência Médico-cirúrgico (SUMC) de Castelo Branco tem limitações na cirurgia geral na sexta-feira e no sábado, encaminhando-se os doentes para o hospital universitário de Coimbra.

Na Unidade Hospitalar de Aveiro as dificuldades ocorrem nas urgências de ginecologia/obstetrícia no sábado, nas de pediatria na noite do dia 23 e nas de cirurgia geral hoje à noite e nas noites de dia 19, 21 e 22, bem como todo o dia 23. Em todos os casos a referência é o hospital de Coimbra.

Águeda não terá urgência básica na noite de sábado, devendo recorrer-se ao serviço de Aveiro, e a Figueira da Foz não contará com ortopedia no dia 23, sendo os doentes atendidos no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

O hospital de Leiria regista limitações nas especialidades de ginecologia (dias 20 à noite e 21, 22 e 23), cirurgia geral (sexta-feira e sábado) e na Via Verde Coronária (dia 23), sendo substituído pelo de Coimbra.

No Agrupamento de Centros de Saúde (CES) Dão Lafões – Centro de Saúde de São Pedro do Sul, o serviço de urgência básica não funcionará durante o dia na terça-feira, quinta-feira e sexta-feira, podendo com os doentes a serem atendidos em Viseu.

Região de Lisboa e Vale do Tejo

Na Região de Lisboa e Vale do Tejo, com 19 pontos no Serviço de Urgência do SNS, o hospital de Loures tem dificuldades de resposta na pediatria nas noites de hoje e até dia 22 e durante todo o dia de sábado (referência Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte – CHULN, inclui Santa Maria e Pulido Valente).

Nas Caldas da Rainha não haverá cirurgia geral no dia 23 e os doentes têm à disposição o SUMC de Torres Vedras e o Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental.

Por sua vez, o SUMC de Torres Vedras tem constrangimentos ao nível da pediatria (todas as noites até dia 23 – referência Caldas da Rainha), ortopedia (sábado – Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central – CHULC, inclui São José, Capuchos, Santa Marta, Dona Estefânia, Curry Cabral e Maternidade Alfredo da Costa) e medicina interna (recurso a qualquer um destes hospitais).

O hospital de Torres Novas não contará com o serviço de pediatria no dia 23, que será substituído pelo de Santarém ou pelo CHULC, enquanto o de Santarém não tem ginecologia nos dias 21, 22 e 23 (SUMC de Abrantes e CHULC) e ortopedia hoje e sábado (Abrantes).

O hospital de Vila Franca de Xira também não terá o serviço de ginecologia na quinta-feira, sexta-feira e sábado (Loures e CHULC).

O Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental - CHLO (hospitais São Francisco Xavier, Egas Moniz e Santa Cruz) está sem serviço de ginecologia no dia 23 (referência CHULC, Loures e Cascais), de pediatria todas as noites de hoje até sábado e de cirurgia geral no dia 22 (CHULC em ambos os casos).

No caso do hospital Amadora/Sintra registam-se problemas a nível da ginecologia (hoje e dias 19, 20 e 21, recurso ao CHULC e CHLO) e pediatria (noites de hoje e até sábado – CHULN).

O Garcia de Orta, em Almada, tem limitações na ginecologia (noite de 22 e todo o dia 23), pediatria (todas as noites da semana), cirurgia geral (dia 23) e Via Verde AVC (noite de sábado), em qualquer dos casos os doentes serão reencaminhados para os Centros Hospitalares de Setúbal e do Barreiro/Montijo e para o CHULC.

Em Setúbal, são afetadas as urgências de ginecologia/ obstetrícia (de hoje a sábado), pediatria (dias 21,22 e 23), cirurgia geral e ortopedia (ambas na quarta-feira), podendo recorrer-se ao Garcia de Orta, Barreiro/Montijo e Lisboa Central.

Região do Alentejo

No hospital de Évora há condicionamentos em pediatria (todas as noites de hoje a sexta-feira e todo o dia no sábado) e medicina interna (nas noites de hoje e de quinta-feira e dia e noite dos dias 20 e 22), com os utentes a seguirem para Lisboa Central e Norte.

Algarve

As urgências do SUMC de Portimão têm problemas ao nível da ginecologia (dias 22 e 23 – SUMC de Faro, Baixo Alentejo e Lisboa Norte), pediatria (na quarta-feira só de dia e na sexta e sábado – Faro) e ortopedia (sábado - Baixo Alentejo e Lisboa Norte).

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - fevereiro 2024
Jornal de Abrantes - fevereiro 2024
PUB