Antena Livre
Deseja receber notificações?

Sertã: Miguel Calhaz leva “ContraCantos” à Casa da Cultura

26/04/2024 às 16:05

Miguel Calhaz sobe ao palco da Casa da Cultura da Sertã, no dia 30 de abril, às 21h30, para o concerto “ContraCantos”. Este espetáculo, com a participação especial de Ricardo Grácio, constitui uma homenagem simultânea ao 25 de Abril de 1974, no ano em que se comemoram os 50 anos da revolução, e a alguns dos seus maiores cantautores.

Recorrendo ao contrabaixo e à voz, Miguel Calhaz irá revisitar temas como “Maio maduro Maio” de Zeca Afonso, “Porque não me vês” de Fausto, “Travessia do deserto” de José Mário Branco, entre outros temas destes e de outros autores como Adriano Correia de Oliveira e Sérgio Godinho.

O músico e compositor sertaginense apresenta em ContraCantos a sua homenagem “a quem tanto lutou para que o seu legado chegasse até nós: aqueles que os ouvem, que os reinventam, que os redescobrem, que os repartem e ensinam, espalhando a valiosa semente em terrenos onde se tenta combater a aridez sintética que ameaça invadir os campos do pensamento fértil”.

A entrada no concerto “ContraCantos” de Miguel Calhaz é gratuita mediante apresentação de bilhete, que poderá ser levantado antecipadamente na Casa da Cultura da Sertã (sem possibilidade de reservas). Este concerto irá encerrar as comemorações dos 50 anos do 25 de Abril, promovidas pelo Município da Sertã que, durante todo o mês de abril, abrangeram diversas iniciativas como exposições, sessão solene, concertos, conversas, teatro e cinema.

Músico, professor, freelancer, cantautor e contrabaixista, Miguel Calhaz mantém vários projectos musicais nas áreas do Jazz, da World Music e da Música Portuguesa. Lançou em nome próprio o seu álbum de estreia "Estas Palavras" (Disco Antena1) em 2012. O seu segundo disco saiu em 2017 com o título “vozCONTRAbaixo”, e o terceiro em 2023 “Contemporânea Tradição” (Edição JACC Records). Com o seu projecto "Cancioneiro Tradicional da Beira Baixa" tem sabido construir, a partir de músicas antigas e de sonoridades distintas desta região, canções de grande qualidade e invocadoras deste cancioneiro. Ao longo da sua carreira já obteve diversos prémios: Prémio José Afonso (tema original) no 3º Festival Cantar Abril - Teatro Municipal de Almada (2011), Prémio Ary dos Santos (melhor letra) no 4º Festival Cantar Abril - Teatro Municipal de Almada (2013) e Prémio Adriano Correia de Oliveira (melhor recriação) na mesma edição com o grupo ContraCorrente e Prémio Ary dos Santos (melhor letra) no 5º Festival Cantar Abril - Teatro Municipal de Almada (2015). Foi autor do tema "Ponte Romana", que obteve o primeiro lugar na categoria Música na primeira edição do concurso "conte connosco Santander-Totta" com o grupo Trilhos.

 

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - julho 2024
Jornal de Abrantes - julho 2024
PUB