Antena Livre
Deseja receber notificações?
CIMT
PUB

Abrantes: Semana de Comunicação da ESTA começou onde vão ser as instalações da escola

24/05/2023 às 09:49

A XX Semana da Comunicação está a decorrer até sexta-feira, dia 26 de maio, na Escola Superior de Tecnologia de Abrantes (ESTA) do Instituto Politécnico de Tomar.

Ao longo destes quatro dias, a Semana da Comunicação, a assinalar os 20 anos, reúne em Abrantes mais de 40 profissionais das áreas da Comunicação Social, Comunicação Autárquica, Marketing Musical, Jornalismo Independente e Rádio de Proximidade e de Futuro. O evento pretende promover o contacto entre os estudantes da Licenciatura em ‘Comunicação Social: Jornalismo e Comunicação Empresarial’ e o mercado de trabalho, concretizando-se assim uma das missões do ensino superior politécnico.

A sessão de abertura deste evento, assim como o primeiro painel, aconteceu no local que haverá de acolher a nova Escola Superior de Tecnologia de Abrantes. Ou seja, foi criado um auditório no pavilhão “da Quimigal” para acolher os convidados, o que levou a que todas as intervenções tivessem o denominador comum, as novas instalações da ESTA.

Se Nuno Madeira, vice-presidente do Instituto Politécnico de Tomar (IPT) manifestou a vontade de, daqui a um ano, poder estar neste local a lançar a primeira pedra do novo edifício.

Olinda Sequeira, diretora da ESTA, destacou que não é pelas instalações que “deixamos de fazer coisas bem-feitas, mas precisamos delas até para nos projetarmos ainda mais.”

Presente da sessão de abertura a presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, Anabela Freitas, também “pôs pressão” no seu colega, presidente da Câmara de Abrantes, mas logo de seguida vincou que a CIMT está de “portas abertas” para ajudar no que for preciso.

E quando chegou a vez do presidente da Câmara de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos, começou por dizer que “quando vi que o evento era aqui percebi as fragilidades deste espaço.” Depois, em jeito de brincadeira afirmou “nunca pensei em ter tanta pressão como vi aqui (a propósito das novas instalações da ESTA).”

O autarca aproveitou o momento para falar, no que diz ter sido ao longo de muitos anos, erros no planeamento. “Construímos, por exemplo pistas de atletismo e piscinas grandes e depois não há escala para a sua utilização.”

Já quanto às novas instalações da ESTA deixou a garantia que “estamos a finalizar o projeto da ESTA. Porque antes das janelas financeira temos de ter o projeto pronto.”

E depois assumiu um compromisso: “estamos a fechar o projeto. Está quase pronto para apresentar ao IPT. Era bom receber aqui a ministra ou o secretário de estado para lhes pôr pressão. Temos um projeto de 5 milhões de euros. Já vi o projeto e vamos ter uma grande escola.”

Nuno Madeira, vice-presidente do IPT, começou por referir a ausência do presidente, porque está ausente do país, num processo que pode vir a ser de importância extrema para a instituição. João Coroado estava reunido na Roménia com seis diretores de outras tantas universidades que têm a intenção clara de criar a Universidade Europeia.

Depois deixou a nota para a presença do IPT em todo o Médio Tejo, revelando a campanha de publicidade em todos os municípios desta região com divulgação da oferta formativa.

Nuno Madeira vincou que o IPT tem dois Campus: Tomar e Abrantes. Direcionando o seu discurso para Olinda Sequeira, revelou que lhe disse, na sua posse, que “a ESTA é quase um politécnico pequeno, dá por isso muito trabalho.”

O dirigente do IPT não esqueceu a data redonda destas Semanas da Comunicação, 20 anos, nem dos 25 anos da Escola que se vão assinalar em 2024.

O vice-presidente do IPT deixou alguns números sobre os cursos e alunos. É uma escola com artes, tecnologia, ciências e humanidades. “Na ESTA já formamos 400 alunos em comunicação.” E evocou o evento da Mitsubishi, de lançamento mundial da eCanter [aconteceu na segunda-feira com a presença do primeiro-ministro] onde viu ex-alunos da ESTA quer do lado de jornalistas, quer na área comunicação organizacional.

Anabela Freitas, presidente CIMT, destacou a ideia de que o desenvolvimento de um território só é possível se existir um triângulo virtuoso: poder político, empresas e a academia.

E depois apontou ao futuro, no sentido do nascimento de uma região mais alargada. “Foi criada uma NUT II [que engloba as comunidades intermunicipais do Médio Tejo, Lezíria do Tejo e Oeste]e precisamos de criar na massa crítica, que passa pela academia. E depois temos de ter as empresas e as autarquias a reter os talentos. Queremos posicionar-nos nesta região e Abrantes esse desafio por via dos investimentos previstos na sequência do encerramento da central do Pego.”

Anabela Freitas concluiu a dizer que “quanto melhor planearmos melhor será a implementação dos projetos.”

Manuel Jorge Valamatos, presidente da Câmara de Abrantes, respondeu à “pressão” sobre as novas instalações da ESTA a dizer que o projeto está quase pronto e que depois entra na fase de “descobrir” fontes de financiamento para a sua execução.

Mas o autarca destacou também a realização da Semana da Comunicação que um evento com história e relevante.

Olinda Sequeira, diretora da ESTA, deixou duas notas. Uma sobre a preparação deste evento. E outra para os alunos. “Vocês (alunos) são o sentido desta escola. Este evento é para vós.” E acrescentou que a ESTA é uma escola aberta à comunidade, sendo este encontro aberto à comunidade.

Olinda Sequeira destacou o “triângulo” referido pela presidente da CIMT, Anabela Freitas, para vincar que “é o que tenho defendido. A inteligência colaborativa é isso mesmo.”

Quatro dias a debater jornalismo e comunicação

Entre os oradores convidados, no campo do Jornalismo marcam presença Amílcar Correia, diretor-adjunto do Público, e Arsénio Reis, diretor-adjunto da Rádio Renascença. Vários profissionais de meios de Comunicação Social regionais e de projetos de Jornalismo Independente, nomeadamente o Fumaça, o Gerador e o Setentaequatro, apresentam também importantes contributos ao longo desta iniciativa.

Na área da Comunicação Política, são oradores Pedro César, assessor de imprensa do ministro da Saúde, e Simão Santana, adjunto do presidente da Câmara de Aveiro, ambos licenciados em Comunicação Social pela ESTA.

A intervenção inicial da Semana da Comunicação foi assegurada pela abrantina Patrícia Matos, assessora de imprensa da ministra da Agricultura e Alimentação. Uma intervenção em vídeo em que a Patrícia falou da sua experiência e das suas opções, tendo deixado o conselho aos futuros jornalistas para poderem viver no jornalismo, mas não ficarem dependentes dessa “função”. Porque a comunicação, pode ser muito mais, do que apenas o jornalismo.

E a Patrícia deixou a nota que, apesar de estar em assessoria, tem o jornalismo nas suas veias e, independentemente de exercer ou não, nunca deixará de ser jornalista.

Aberta à comunidade, de forma gratuita e sem necessidade de inscrição, a Semana da Comunicação decorre maioritariamente no auditório da ESTA. Na quinta-feira, 25 de maio, no único evento noturno, acontece uma mesa-redonda sobre Marketing Musical. Agendada para as 21h30, no Inov’Point, a sessão é moderada pelo jornalista Jerónimo Belo Jorge, da Antena Livre, e transmitida em direto por esta rádio. Nela participam, entre outros, músicos como António Manuel Ribeiro, dos UHF, Carlos Moisés, dos Quinta do Bill, e a fotógrafa de espetáculos Vera Marmelo.

No vasto programa, que conta com diferentes intervenções e painéis temáticos, participam seis profissionais que se formaram na ESTA, em Abrantes. Responderam também ao desafio para partilhar as suas experiências profissionais neste evento representantes de diferentes entidades, como municípios, empresas, associações, grupos musicais e, ainda, do Centro Hospitalar do Médio Tejo. Nuno Catorze, diretor do serviço de Medicina Intensiva e do Departamento de Urgência, e Telma Silva, enfermeira-chefe do serviço Covid, participam, no dia 24, às 15h00, num painel sobre ‘O impacto da Covid-19 no Jornalismo e na Comunicação da Saúde’, acompanhados por Patrícia Fonseca, diretora do jornal digital mediotejo.net, e por Clotilde Roldão, responsável do Laboratório de Análises Clínicas, Clenlab.

O evento termina, no dia 26, com dois momentos em espaços icónicos de Abrantes: ao final da tarde, na esplanada do café Chave d´Ouro, uma tertúlia com ex-alunos, conduzida por Tiago Lopes (abrantino licenciado pela ESTA, professor do ensino superior e comentador da CNN/TVI), e um jantar de gala no Hotel Luna.

Durante o evento, as apresentações e moderações dos painéis são da responsabilidade dos alunos e alunas, assim como a gravação audiovisual, a produção de conteúdos para as redes sociais, a receção aos convidados e a organização dos coffee-breaks.

Galeria de Imagens

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - fevereiro 2024
Jornal de Abrantes - fevereiro 2024
PUB