ESPECIAL COVID-19

COVID-19: Médio Tejo com 36 casos positivos e 246 vigilâncias ativas (C/ÁUDIO)

2020-03-30

 

O Médio Tejo tem a registar mais quatro casos positivos de infeção com o coronavírus passando agora para 36 casos positivos. Também o número de vigilâncias ativas teve um incremento de 16 casos nas últimas 24 horas. De acordo com o boletim epidemiológico do Médio Tejo os novos casos registaram-se em Ourém (2), em Torres Novas (1) e Vila Nova da Barquinha (1). Destes quatro casos confirmados dois ficaram hospitalizados e os outros em processo de cura da COVID-19 nas suas residências.

Quanto a Abrantes mantém os sete casos positivos com 57 pessoas em vigilância ativa. Ano nível das vigilâncias o número também cresceu no Entroncamento, Ourém, Torres Novas e Tomar.

O Médio Tejo continua a registar dois óbitos (Tomar e Alcanena).

No dia em que a região já tem a funcionar as três Áreas Dedicadas à COVID (Sardoal, Tomar e Entroncamento) Maria dos Anjos Esperança explicou que a estas unidades só vão doentes referenciados pela Linha de Saúde 24 (808 24 24 24).

Questionada sobre a origem dos casos no Médio Tejo se são mais urbanos ou rurais a Delegada de Saúde escusa-se a revelar a origem dos mesmo, revelam apenas os concelhos, mas adianta que são, na maioria, casos de zonas mais urbanas. Quer os infetados, quer as vigilâncias ativas.

Quando aos testes a lares de idosos, que muito se tem falado nos últimos dias, Maria dos Anjos Esperança espera que as pessoas tenham muitas precauções e “vamos tentar que sejam todos abrangidos pelas análises. Assim como profissionais de saúde, embora estes não estejam a fazer por precaução, apenas por sintomatologia. Por prevenção estão a fazer os idosos, os bombeiros e as forças de segurança”, asseverou a Delegada de Saúde do Médio Tejo.

Maria dos Anjos Esperança. ACES Médio Tejo 

O ACES Médio Tejo aglutina os concelhos de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha.

Vila de Rei e Sertã são dois concelhos que pertencem à Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, mas que na área da Saúde dependem de Castelo Branco, nomeadamente do Agrupamento de Centros de Saúde do Pinhal Interior Sul, que monitoriza estas situações.

 

2020-03-30