ESPECIAL COVID-19

COVID-19: Médio Tejo com mais 7 casos positivos e 271 pessoas em vigilância

2020-09-20

O território do Médio Tejo, na área da saúde, tem hoje mais sete novos casos de infetados com o coronavírus atingindo um total de 595 pessoas com a doença COVID-19.

Os casos reportados este domingo pela Unidade de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde do Médio Tejo dizem respeito a infetados em Abrantes (1), Entroncamento (1), Mação (1), Ourém (1), Tomar (1) e Torres Novas (2).

No que diz respeito aos recuperados, são neste momento 430. A saúde pública do Médio Tejo tem recuperados com alta clínica em Abrantes (42), Alcanena (20), Constância (3), Entroncamento (49); Ferreira do Zêzere (8), Mação (9), Ourém (116), Sardoal (1), Tomar (134), Torres Novas (50) e Vila Nova da Barquinha (7).

No que diz respeito a vigilâncias ativas o Médio Tejo soma hoje mais 17 pessoas a entrar em confinamento por terem contactado diretamente com doentes COVID-19. Há por isso um registo de 271 pessoas que têm de cumprir o isolamento antes de cumpridos os requisitos para voltar à vida normal. De referir que o confinamento por vigilância ativa é idêntico ao dos doentes COVID, apenas com a ressalva que os períodos poderão ser muito mais curtos, de acordo com a Autoridade de Saúde Pública do concelho.

Os casos deste domingo estão localizados em Abrantes (16), Alcanena (3), Entroncamento (91), Ferreira do Zêzere (2), Mação (19), Ourém (54), Sardoal (9), Tomar (48), Torres Novas (28) e Vila Nova da Barquinha (1). Neste dia, 20 de setembro, Constância é o único concelho da Saúde Pública do Médio Tejo que não tem qualquer pessoa em vigilância ativa.O ACES Médio Tejo abrange a área territorial de 11 municípios com cerca de 235 mil utentes. Abrange as unidades de saúde de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila nova da Barquinha, numa área territorial de 2.706,10 Km's quadrados.

Já os concelhos da Sertã e Vila de Rei que fazem parte do Médio Tejo na divisão político-administrativa em termos de saúde pertencem ao ACES do Pinhal Interior Sul que abrange ainda os concelhos de Proença-A-Nova, Oleiros e cerca de 30 mil utentes.


2020-09-20