COVID-19: Médio Tejo sobe para 25 casos e Abrantes passa a ter 3 e Sardoal 1 (ATUALIZADA - C/ÁUDIO)

28/03/2020 às 00:00

No boletim epidemiológico do ACES Médio Tejo deste sábado ficou a registar-se um aumento de seis casos na região, passando a ter 25 casos positivos. No total na região existem 188 vigilâncias ativas e 111 passivas.

Também hoje Abrantes passou de um para três casos positivos e passou a ter 23 pessoas em vigilância ativa.

Tomar continua a ser o concelho com mais casos positivos de COVID-19, são agora sete, e com mais vigilâncias ativas, 66.

Ainda segundo os dados divulgados hoje Ourém regista cinco casos positivos e 11 vigilâncias ativas, Torres Novas quatro casos positivos e 60 vigilâncias ativas, Alcanena três pessoas infetadas e 11 vigilâncias.

No boletim deste sábado Sardoal tem um caso de uma pessoa infetada e quatro em vigilância ativa.

Barquinha e Constância continuam a registar um caso cada, mas se Constância não têm vigilâncias ativas a Barquinha tem 12 pessoas em casa, nesta situação.

De referir que apenas Mação e Ferreira do Zêzere não têm no Médio Tejo qualquer caso positivo identificado. No entanto, Ferreira do Zêzere tem uma pessoa em vigilância e Mação três.

Ao nível dos óbitos a região do Médio Tejo continua a registar dois óbitos (Alcanena e Tomar).

Maria dos Anjos Esperança, unidade de Saúde Pública ACES Médio Tejo

O ACES Médio Tejo aglutina os concelhos de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha.

Vila de Rei e Sertã são dois concelhos que pertencem à Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, mas que na área da Saúde dependem de Castelo Branco, nomeadamente do Agrupamento de Centros de Saúde do Pinhal Interior Sul, que monitoriza estas situações.

Partilhar nas redes sociais:
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - janeiro 2022
Jornal de Abrantes - janeiro 2022
PUB