ESPECIAL COVID-19

Misericórdia de Abrantes com 28 infetados continua a testar utentes e profissionais (C/ÁUDIO)

2021-01-27

A Santa Casa da Misericórdia de Abrantes tem nesta altura, 27 de janeiro (17:00) 18 utentes e 10 funcionários infetados com Covid-19. A informação foi confirmada à Antena Livre pelo presidente da Câmara de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos, que indicou, no entanto, ainda não ter resultado de todos os testes. Aliás, o autarca explicou que continuam a ser feitos testes a todo o universo profissional e de utentes da instituição que acionou o seu plano de contingência.

De referir que a Proteção Civil Municipal de Abrantes está a acompanhar todo o processo juntamente com a delegada de Saúde de Abrantes, Maria dos Anjos Esperança, e que o mesmo passa por separar os utentes em dois grupos por forma a poder estancar o surto.

Ainda sem se saber a origem deste surto, as autoridades querem agora fazer todos os testes aos utentes e funcionários para a aferir a dimensão do surto. O primeiro caso de Covid-19 foi detetado na sexta-feira, dia 22 de janeiro, tendo no domingo quatro utentes e quatro funcionários sido testados com resultado positivo. De imediato foi despoletado o procedimento de testagem generalizada, pelo que os resultados conhecidos até à tarde desta quarta-feira indicam 28 casos positivos.

Manuel Jorge Valamatos, presidente da Câmara de Abrantes

A Santa Casa da Misericórdia de Abrantes tem 120 funcionários e cerca de 110 utentes.

Recorde-se que esta semana iria arrancar a vacinação da Covid-19 nos lares e casas de acolhimento do concelho de Abrantes. A Santa Casa da Misericórdia vai ter de aguardar até o surto estar contido, uma vez que as normas indicam que com casos positivos não será administrada a vacina. Quanto às restantes instituições, têm os utentes e funcionários a ser vacinados de acordo com o plano definido pelo Agrupamento de Centros de Saúde do Médio Tejo. Um processo que está a ser acompanhado de perto pela Proteção Civil Municipal de Abrantes.

 

2021-01-27