Município Abrantes
PUB

Covid-19: Portugal com 20.041 infeções, 46 mortes e baixa nos internamentos nas últimas 24 horas

16/02/2022 às 15:22

Portugal registou 20.041 novas infeções com o coronavírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, mais 46 mortes associadas à covid-19 e uma nova diminuição dos internamentos, indicou hoje a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Segundo o boletim epidemiológico diário, hoje estão internadas 2.141 pessoas, menos 129 do que na terça-feira, enquanto nas unidades de cuidados intensivos estão 142 pessoas, menos cinco, embora nem todos os internamentos se devam à covid-19, podendo ser motivados por outras patologias apesar da existência de infeção com SARS-CoV-2.

O número de casos ativos diminuiu hoje para 536.483, menos 352 do que na terça-feira, e nas últimas 24 horas foram dadas como recuperadas 20.347 pessoas para um total de 2.574.750.

Nas últimas 24 horas deixaram de estar em vigilância 13.672 contactos, mas as autoridades de saúde mantêm 561.116 pessoas nestas condições.

Desde março de 2020 foram infetadas em Portugal 3.131.889 pessoas com o SARS-CoV-2 e foram declaradas 20.666 mortes associadas à covid-19.

Das mortes com covid-19 nas últimas 24 horas, 16 aconteceram na região Norte, 12 na zona de Lisboa e Vale do Tejo, 12 na região Centro, duas no Algarve, duas no Alentejo e duas na Região Autónoma da Madeira.

Por idades, duas das pessoas com covid-19 que morreram nas últimas 24 horas tinham entre 40 e 49 anos, duas entre 50 e 59, duas entre 60 e 69 anos, sete entre 70 e 79 anos e 33 tinham 80 anos ou mais.

A maior parte dos novos contágios foi diagnosticada na região de Lisboa e Vale do Tejo, com 6.831 infeções que perfazem 1.111.346 casos e 8.610 mortes de pessoas com covid-19 desde o início da pandemia.

Na região Norte há mais 5.594 infeções, totalizando 1.198.738 contágios e 6.313 mortes associadas à covid-19 desde março de 2020, enquanto a região Centro regista 3.819 novos casos (464.530 no total e 3.665 mortes).

No Algarve foram infetadas nas últimas 24 horas 1.371 pessoas (total de 125.751 contágios e 666 mortes com covid-19) e no Alentejo mais 1.060 (total de 109.416 casos e 1.153 mortes).

Na região autónoma dos Açores foram diagnosticadas 797 infeções nas últimas 24 horas, para um total de 49.488 casos desde o início da pandemia e 80 mortes atribuídas à covid-19, enquanto na Madeira se registaram 569 novos contágios, num total de 72.630 e 179 mortes com covid-19.

Por idades, 2.358 dos contágios das últimas 24 horas verificaram-se em crianças até nove anos de idade, 3.592 na faixa etária dos 10 aos 19 anos, 2.963 entre 20 e 29 anos, 2.854 entre 30 e 39 anos, 2.934 entre 40 e 49 anos, 1.924 entre 50 e 59 anos, 1.312 entre 60 e 69 anos, 967 entre 70 e 79 anos e 946 em pessoas com 80 anos ou mais.

 

Incidência de infeções e transmissibilidade baixam em todo o território

O índice de transmissibilidade (Rt) nacional do coronavírus SARS-CoV-2 registou uma nova descida para 0,76 e a incidência de infeções voltou a baixar, estando agora nos 4.390,9 casos por 100 mil habitantes, anunciou hoje a Direção-Geral da Saúde.

Segundo o boletim diário sobre a evolução da pandemia de covid-19 em Portugal, a taxa de incidência a nível nacional passou de 4.989,6 casos de infeção por 100 mil habitantes a 14 dias na segunda-feira para o valor contabilizado hoje.

Considerando apenas Portugal continental, este indicador registou também uma descida de 5.000 casos por 100 mil habitantes para 4.385,9.

O Rt - que estima o número de casos secundários de infeção resultantes de cada pessoa portadora do vírus – e que estava em 0,81 na segunda-feira, voltou hoje a descer a nível nacional como também em Portugal continental, onde passou de 0,8 para 0,75.

Os dados do Rt e da incidência de novos casos por 100 mil habitantes a 14 dias - indicadores que compõem a matriz de risco de acompanhamento da pandemia - são atualizados pelas autoridades de saúde à segunda-feira, à quarta-feira e à sexta-feira.

 

A covid-19 provocou pelo menos 5.836.026 mortos em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 20.666 pessoas e foram contabilizados 3.131.899 casos de infeção, segundo a última atualização da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

A variante Ómicron, que se dissemina e sofre mutações rapidamente, tornou-se dominante no mundo desde que foi detetada pela primeira vez, em novembro, na África do Sul.

C/ Lusa e DGS

Partilhar nas redes sociais:
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - outubro 2022
Jornal de Abrantes - outubro 2022
PUB