Antena Livre
Deseja receber notificações?
Município Abrantes
PUB

Abrantes: «Quarto Crescente Estúdio» - a fotografia e maquilhagem intergerações (c/áudio e fotos)

26/05/2024 às 14:25

Chama-se “Quarto Crescente Estúdio” e tem como foco o registo de todas as fases da vida. Dos bebés à terceira idade. E junta das áreas que se podem cruzar e casar, ou apenas dividir o mesmo espaço. A fotografia e a maquilhagem. E o “casamento” das duas pode criar registos “para mais tarde recordar.”

Eunice Lopes Photography e Vera Pereira Beauty, ter-se-ão cruzado em eventos de vida, casamentos ou apenas sessões de fotografia. Uma, nas artes da fotografia e outra com pincéis e cremes faciais. E entre esses muitos trabalhos entenderam lançar em Abrantes um conceito de unir duas atividades diferentes, mas complementares. E num espaço criar um estúdio que sirva as duas, em complemento ou de forma individual.

Desta vontade nasceu no último sábado, dia 25, o “Quarto Crescente” estúdio de fotografia e make up. No mesmo espaço um estúdio de luz natural com uma cama para “permitir (à criançada) saltar e rebolar para ficar o registo mais natural possível”, explica Eunice Lopes que diz não gostar de fotografar “poses” ou olhar fixos. Prefere aquilo que se chama “fotografia afetiva” e que pretende aproximar o estúdio à casa ou quarto dos clientes. Aponta mais a máquina a momentos mais naturais dos modelos que serão todos os que por ali quiserem passar. Como o nome indica, diz, a ideia é que possa haver um registo de todas as fases da vida. O estúdio não está direcionado para uma faixa etária ou para um segmento específico.

Há ainda uma outra particularidade neste estúdio e que é a existência de um “closet” cliente. Muitas vezes os clientes querem uma sessão de fotografia, mas podem ficar com dificuldades na roupa. Eunice diz que às vezes até pensam e ir comprar peças para adequar a cor ou o estilo às fotografias. Por isso o “Quarto Crescente” tem uma secção de adereços, que é como quem diz, um guarda-roupa que permite aos miúdos e graúdos ter uma mão-cheia de opções sem outras preocupações.

Ao lado está um outro espaço, com espelho e bem iluminado. Se a Eunice Lopes prefere a luz natural, a Vera Pereira tem de ter muito boa iluminação para tratar dos rostos das clientes. A maquilhagem faz parte da mulher, dos gostos, mas também do vestuário e da ideia da maquilhadora. E uma boa maquilhagem ajuda muito o registo da fotografia.

Vera Pereira diz que pode ser um trabalho complementar ao da sócia ou então apontar à maquilhagem natural. “Também se está a apostar muito em ‘branding’, ou em maquilhagem para empresas” e acrescenta que podem escolher maquilhagem mais ligeira e natural ou mais ousada.

É isso que esta nova sociedade, criada em Abrantes, pretende disponibilizar aos clientes.

Eunice e Vera dizem que as suas atividades se podem cruzar muito fora de portas, ou em sessões na natureza, ou, por exemplo num casamento, em que a maquilhadora vai à casa da noiva fazer o trabalho. Tal como a fotografa, também tem trabalhos no exterior.

Vera Pereira e Eunice Lopes

Apesar de ser um espaço comum, ambas podem trabalhar individualmente. Ou seja, não é necessário que um ou uma cliente tenha de fazer os dois serviços. Pode apenas ir à maquilhagem ou apenas à sessão de fotografia.

Galeria de Imagens

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - junho 2024
Jornal de Abrantes - junho 2024
PUB