Município Abrantes
PUB

Central do Pego: Câmara iniciou reuniões com Endesa e há “grandes expetativas” para novos investimentos

20/04/2022 às 12:15

Tem hoje lugar uma segunda reunião entre o presidente da Câmara de Abrantes e a Endesa, empresa vencedora do concurso público para o ponto de injeção de energia na rede na Central do Pego.

Sobre a primeira reunião, que aconteceu há 15 dias, Manuel Jorge Valamatos disse que foi mais formal, de “apresentação e exploratória, com resultado muito otimista para nós” pois “estamos a falar de um investimento de 600 milhões de euros no nosso concelho”. Segundo o presidente da Câmara de Abrantes, “a empresa tem a vontade de colocar todo o seu centro de gravidade em Abrantes e estamos a falar de muitos postos de trabalho qualificado”.

Relativamente à integração de funcionários da extinta central a carvão, Manuel Jorge Valamatos confirmou que “neste momento, a intenção da Endesa é de reintegrar 75 trabalhadores da antiga central a carvão, quer postos diretos, quer postos indiretos. Portanto, todas as pessoas que ficaram sem trabalho, a Endesa está com vontade de integrar o maior número de pessoas possível e, obviamente que temos aqui uma expetativa muito grande também em termos de recursos humanos. Tendo em vista os projetos que se adivinham, precisamos, de facto, de ter gente para trabalhar e pessoas capazes de dar a resposta às empresas que aqui se querem instalar”.

Contudo, afirmou o autarca, “estamos a olhar, quer para este projeto da Endesa, quer para outros projetos de futuro, tudo centrado nas energias renováveis, com grande entusiasmo”. Manuel Jorge Valamatos deu ainda conta que o Gabinete de Desenvolvimento Económico da Câmara Municipal de Abrantes “já iniciou um conjunto de reações com a Endesa, para se conseguir dar resposta a um conjunto de necessidades que a empresa entende pertinentes para o momento e vamos continuar a trabalhar”.

O presidente da Câmara anunciou também que “há um projeto para 240 megawatts e há lá outro tanto disponível para novos projetos. Fazendo uma conta rápida, se temos um investimento de 600 milhões de euros para esta potência que se pretende instalar por parte da Endesa, podemos acreditar num outro investimento de 600 milhões de euros para o restante que ainda lá está disponível”.

Questionado se haverá novo concurso público para atribuir a restante potência ou se será para o segundo classificado do concurso efetuado, Manuel Jorge Valamatos respondeu que “é isso que vamos ver agora de seguida com o Governo”, acrescentando que “também já tive algumas conversas com o senhor secretário de Estado”.

Para já, “é continuar a trabalhar nesse sentido para tentar captar, para o nosso concelho e para a região, o maior investimento possível”. O autarca admite ter “grandes expetativas”.

Espera-se então por novidades a respeito da atribuição dos restantes megawatts ainda disponíveis no ponto de injeção na rede.

Partilhar nas redes sociais:
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - outubro 2022
Jornal de Abrantes - outubro 2022
PUB