ESPECIAL COVID-19

Secretário de Estado da Internacionalização conheceu a Mitsubishi a laborar a 100% (C/ÁUDIO, VÍDEO E FOTOS)

2020-06-04

Entre março e maio, foram seis semanas de paragem total, quatro delas em layoff. Mas no início de maio a fábrica da Mitsubishi, no Tramagal, voltou a laborar a 100%, embora com as devidas regras de segurança. Em casa estão apenas os empregados que têm de tomar conta dos filhos. Todos os outros voltaram às linhas de produção do modelo Canter, mas com máscara, com horários desfasados nas refeições, com medição da temperatura, entre os outros pormenores de segurança da empresa.

E foi neste contexto de laboração em pleno que o secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, visitou a fábrica e esteve reunido com a administração. Uma reunião que contou também com a presença do presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos.

Depois de ter conhecido, ao pormenor, todos os passos de montagem da Canter, de ter observado a colocação das baterias num modelo elétrico e ainda depois de ter observado os robôs da empresa que, de forma autónoma, transportam componentes do armazém para as linhas, Eurico Brilhante Dias explicou ao que veio. O dia hoje foi para o setor automóvel, de manhã, e para o papel (Renova) e pedra (Filstone) de tarde.

O objetivo, disse o governante é colocar as empresas e as exportações na agenda internacional, ou não fosse essa a sua pasta. Há muita diplomacia que se pode fazer em reuniões. E o relançamento da economia é um dos objetivos destas visitas que já passaram por Lisboa, Leiria e Setúbal e irão continuar por outros distritos.

Eurico Brilhante Dias fala sobre a visita

Um membro do governo na Mitsubishi tem seguramente na agenda mais abordagens do que as que traz. E as acessibilidades têm sido, há muitos anos, uma das grandes dificuldades apontadas pela empresa.

Isso mesmo deu conta o presidente da empresa Jorge Rosa. Naturalmente que se falou muito de negócios, do relançamento da economia, das exportações, mas as acessibilidades não ficaram esquecidas.

Jorge Rosa, administrador da Mitsubishi Fuso Trucks

E o governante, mesmo não sendo a área dele, ouviu as queixas e diz que há uma janela de oportunidade no plano de estabilização que está a ser preparado. E adiantou que mesmo nos fundos da União Europeia as acessibilidades poderão ter um papel importante na estratégia do governo e do país.

Eurico Brilhante Dias sobre as acessibilidades

Quem também não deixou passar a oportunidade de deixar a mensagem da necessidade da nova travessia sobre o Tejo e da variante à Estrada Nacional 118 foi o presidente da Câmara Municipal de Abrantes. Manuel Jorge Valamatos diz que há um renascer e novas oportunidades que vão surgindo depois da pandemia e que há que estar atento a essas oportunidades.

Manuel Jorge Valamatos sobre travessia do Tejo

Voltando à Mitsubishi, a empresa parou seis semanas, quatro das quais em regime de layoff. A informação foi avançada por Jorge Rosa que indicou que neste momento as coisas voltaram a uma relativa normalidade. Mas uma normalidade dos novos tempos. Pontos de gel desifetante à entrada e espalhados pela fábrica. Trabalhadores nas linhas com a máscara colocada. Adequação dos turnos para as refeições, garantindo os distanciamentos necessários.

Jorge Rosa fala sobre a normalidade na fábrica

Por outro lado, se a produção baixou pela quebra da procura e pela paragem das empresas que fabricam componentes para o setor, a aposta na Canter elétrica continua. E continua com melhorias. Jorge Rosa diz que ainda não é o segmento forte da empresa, mas no futuro poderá ser o caminho. Já nas exportações indicou que a “experiência Estados Unidos da América” está a terminar e que a grande aposta é apontar à Europa, Marrocos e Turquia.

Jorge Rosa fala sobre o futuro

Eurico Brilhante Dias viu as explicações sobre a produção da Canter totalmente elétrica e, depois de terminar a visita, teve a oportunidade de poder experimentar a andar dentro de uma destas viaturas. É uma forma de poder ver como trabalha este novo modelo que poderá ser, no futuro, uma das grandes lanças da Mitsubishi no mercado automóvel para estes modelos de caixa aberta.

Reportagem de Jerónimo Belo Jorge

 

2020-06-04