ESPECIAL COVID-19

Covid-19: Contágios em ambiente familiar põem cinco turmas de Abrantes em confinamento

2020-12-16

Em Abrantes, na última semana de aulas, antes da pausa de Natal, há duas escolas com turmas em isolamento por casos positivos de Covid-19 em alunos cujos contágios aconteceram em ambiente familiar. Ou seja, de acordo com a coordenadora da unidade de Saúde Pública do Médio Tejo e com os diretores das escolas os casos que surgiram no último fim de semana têm a ver com contágios em ambiente familiar. Até agora, nas escolas de Abrantes, não houve nenhum surto, ou seja, todos os casos positivos são casos isolados.

Na Escola Secundária Dr. Manuel Fernandes há três casos de alunos que testaram positivo. O contágio aconteceu em ambiente familiar, ou seja, externo à escola, e as turmas entraram em isolamento profilático.

A Antena Livre sabe que as turmas com alunos confinados são de 7.º ano e 9.º ano de escolaridade, da Escola Manuel Fernandes, e ainda uma turma de pré-escolar da Escola António Torrado. Alcino Hermínio, diretor da escola, explicou que total são 63 alunos que estão em isolamento desde o fim de semana.

A Antena Livre sabe que em relação ao corpo docente não houve isolamento à exceção da educadora da turma do pré-escolar onde, recorde-se, as crianças não são obrigadas a usar máscara de proteção.

Também a Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes (EPDRA) tem duas turmas que entraram em isolamento profilático com três alunos infetados com o coronavírus.
João Quinas, diretor da escola, explicou que são duas turmas de gestão equina e que os contágios se verificaram em ambiente familiar, ou seja, não houve contágio nas atividades letivas. Assim que foram identificados os casos as turmas entraram em confinamento, mas com uma logística complicada. O diretor explicou que muitos dos alunos têm cavalos na escola. Se vão ficar fora esta semana e as semanas da pausa de Natal foi necessário levar os animais. E muitas vezes os equídeos entram nas roulottes pela mão de quem trata deles diariamente.
No geral há 47 alunos que entraram em isolamento porque as turmas de Gestão Equina são grandes.

Na Escola Secundária Solano de Abreu, de acordo com o diretor Jorge Costa, não há, nesta altura, turmas em isolamento.

De acordo com a delegada de Saúde Pública do Médio Tejo, Maria dos Anjos Esperança, o número de casos tem vindo a diminuir, mas o trabalho não. Como são casos nas escolas há muito trabalho a fazer toda a ligação das linhas epidemiológicas. No caso concreto destas duas escolas, sendo cerca de 120 alunos os técnicos de saúde pública têm de fazer os contactos com todos no sentido de os colocar em confinamento.

O Médio Tejo registou esta terça-feira, dia 15 de dezembro, mais 21 novos casos positivos em Abrantes (8), Alcanena (3), Entroncamento (1), Ourém (4), Tomar (3) e Torres Novas (2) o que faz um total de 3682 casos positivos desde o início da pandemia.
Em isolamento por serem contactos de casos positivos estavam ontem 515 pessoas localizadas em Abrantes (68), Alcanena (35), Constância (7), Entroncamento (41), Ferreira do Zêzere (4), Mação (19), Ourém (117), Sardoal (8), Tomar (123), Torres Novas (71) e Vila Nova da Barquinha (22).
Desde que começou pandemia o Médio Tejo já teve 4424 pessoas em confinamento, das quais 3957 já tiveram alta desse estado. A autoridade de saúde já fez 4948 contactos na investigação e identificação das eventuais linhas de contágio.

2020-12-16