Antena Livre
Deseja receber notificações?

Tecnologia: Universidade da Beira Interior cria licenciatura em “Inteligência Artificial e Ciência de Dados”

16/07/2023 às 15:00

A Universidade da Beira Interior (UBI) inicia, no próximo ano letivo, a inovadora licenciatura em “Inteligência Artificial e Ciência de Dados”. Este 1.º Ciclo centra-se em duas áreas que estão em expansão e a conquistar uma enorme importância em todo o mundo, pelo contributo e implicações que têm nas diversas vertentes da sociedade. Os interessados em estudar num curso de elevada sofisticação tecnológica podem concorrer a uma das 20 vagas disponíveis no Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior (CNAES) já deste ano.

A emergência do desenvolvimento da inteligência artificial e de análise de dados (IA/CD) faz com que o novo curso da UBI seja uma proposta para quem procura trabalhar com conhecimentos disruptivos e inovadores.

“Um diploma em IA capacita os estudantes universitários com competências multidisciplinares e versáteis, fornecendo uma perspetiva de carreira atraente e a oportunidade de contribuir para o avanço da tecnologia em múltiplos domínios”, refere Hugo Proença, diretor da nova licenciatura. Os conhecimentos em IA/CD são hoje altamente valorizados pelos empregadores, já que este tipo de tecnologias tem vindo a revolucionar sectores como saúde, finanças, produção e transporte.

Os estudantes são preparados com um profundo entendimento dos mais avançados algoritmos, técnicas e ferramentas, ficando com capacidade para o desenvolvimento de sistemas inteligentes para resolução de problemas complexos em múltiplos domínios, além de sólidos conhecimentos de programação.

O curso vai ainda promover o pensamento crítico, bem como as capacidades de análise e resolução de problemas, através da abordagem dos desafios de forma baseada em dados e lógica, aprimorando a capacidade de tomar decisões informadas e enfrentar situações do mundo real, além de potenciar a aprendizagem ao longo da vida. “É imperativo que estes profissionais se mantenham atualizados com os últimos avanços e tendências, permitindo que permaneçam na vanguarda da inovação e impulsionem futuras descobertas”, explica Hugo Proença.

Esta formação vai fornecer conhecimentos transversais, fruto de uma preparação sólida em matemática, ciência da computação, estatística, assim como nos diversos domínios da IA/CD, abordando os conceitos fundamentais na área e focando-se nas estratégias específicas que permitem manipular diferentes tipos de dados: dados tabulares, imagens, vídeos e texto. Prevê-se que os diplomados integrem o mercado de trabalho em posições mais genéricas como Machine Learning Engineer e Data Scientist e, posteriormente, se especializem em subdomínios como Visão Computacional ou Processamento de Linguagem Natural.

Entre as vastas saídas profissionais estão a investigação e desenvolvimento de novos paradigmas de sistemas inteligentes; aplicação de tecnologias inteligentes de análise de dados; planeamento e desenvolvimento de novas abordagens de negócio, baseadas em sistemas inteligentes, numa perspetiva global; integração em unidades empresariais de larga escala com vista à otimização de processos e de produção, baseada na análise inteligente de dados; e conceção e implementação de novas abordagens para a criação de autómatos, capazes de desempenhar tarefas atualmente dependentes de mão de obra humana, de elevada perigosidade e/ou esforço físico.

Podem concorrer ao 1.º Ciclo em “Inteligência Artificial e Ciência de Dados” no próximo CNAES (entre 27 de julho e 7 de agosto) os estudantes que tenham como Provas de Ingresso um destes seguintes conjuntos: “Matemática A” ou “Biologia e Geologia” e “Matemática A” ou “Física e Química” e “Matemática A”.

Este curso, do Departamento de Informática da Faculdade de Engenharia, tem disponíveis 15 Bolsas de Incentivo UBI STEAM, no valor de 500 €, para os alunos do 1º ano do curso.

Universidade da Beira Interior

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X