VN Barquinha: Projeto EMPRE conta já com 300 alunos

18/12/2016 às 00:00

Os Paços do Concelho de Vila Nova da Barquinha abriram-se esta quinta-feira para receber os 300 alunos que participam este ano no projeto EMPRE do Agrupamento de Escolas do Concelho.

Os jovens empreendedores foram recebidos pelo presidente da Câmara Municipal, Fernando Freire e pelo presidente da Assembleia Municipal, Rui Monteiro Picciochi.

Uma cerimónia solene, que todos respeitaram e onde ouviram Fernando Freire falar do orgulho que sente pelos projeto EMPRE e do apoio deixado para o futuro. “Um projeto que começou miudinho, muito mais pequeno... fomos crescendo e agora já estamos com problemas logísticos face ao desenvolvimento do projeto, o que é muito bom”, disse Fernando Freire.

“Nada nasce do acaso, tudo nasce do trabalho, da visão de todos e para todos. Da capacidade de antever a hora necessária e interligar este sonho com a visão estratégica e com a obtenção dos meios para a sua concretização”, acrescentou o presidente.

A cara mais visível do projeto EMPRE em Vila Nova da Barquinha é a professora Ana Santos que tem encarado a iniciativa desde o início.

Com um aumento substancial de alunos neste ano letivo, Ana Santos falou-nos acerca do trabalho que tem vindo a ser feito e acerca da visita dos alunos na manhã desta quinta-feira, quer ao tecido industrial do concelho, quer ao facto de serem recebidos pelo presidente da Autarquia nos Paços do Concelho. A professora avançou que, para este terceiro ano do projeto, para além dos 300 alunos envolvidos (14 turmas), contam ainda com a colaboração de 20 professores.

“Este ano queremos dar um salto qualitativo e entrar no tecido empresarial aqui no concelho”, avançou Ana Santos que também disse que os projetos deste ano serão apresentados no dia 3 de abril.

O EMPRE em Vila Nova da Barquinha começou com 40 alunos, na segunda edição já foram 160 e agora são 300.

Eduardo Costa, gestor coordenador do projeto EMPRE da TagusValley, tem a seu cargo os 300 alunos da Barquinha. Disse que, “da parte da TagusValley é uma alegria ver como esta Escola e o Município estão extremamente empenhados em que as coisas realmente resultem”. “É sinal que as coisas têm corrido da melhor maneira e é sinal que, tanto a Escola como o Município também estão a gostar daquilo que tem sido feito e que têm apresentado resultados extremamente interessantes”, afirmou Eduardo Costa.  

Rita Costa e Madalena Messias, de 14 anos, são a cara do sucesso do projeto EMPRE em Vila Nova da Barquinha. Com experiência acumulada pelos dois anos em que participaram e que venceram o projeto, preparam-se este ano para se lançar numa nova experiência.

O projeto vencedor do primeiro ano, “Aromas de Almourol”, não teve continuidade mas o do ano passado, direcionado para a comunicação e divulgação de eventos, “vamos adaptar para a temática do turismo militar”, avançaram as duas alunas.

Partilhar nas redes sociais:
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - janeiro 2022
Jornal de Abrantes - janeiro 2022
PUB