Fundo de Transição Justa: Quatro candidaturas para um investimento de 50ME no concelho de Abrantes (C/ ÁUDIO)

6/10/2022 às 16:33

São quatro as candidaturas para o concelho de Abrantes no âmbito do Fundo de Transição Justa. A informação foi avançada pelo presidente da Câmara de Abrantes no período antes da Ordem do Dia na reunião desta quinta-feira, 6 de outubro.

Num investimento elegível de “aproximadamente 50 milhões de euros”, as empresas que concorreram são uma PME (Pequena Média empresa) e três não PME’s, informou Manuel Jorge Valamatos que disse “depositar aqui grandes expetativas” e desejou que “este processo possa ser célere.

Já no que diz respeito à região do Médio Tejo “há um investimento elegível de 234 milhões de euros”. Segundo o autarca, “há uma manifestação de interesse já objetivada com candidaturas de grande relevância em termos de investimento para a região”.

À margem da reunião do Executivo, aos jornalistas, Manuel Jorge Valamatos reiterou a “enorme expetativa de vermos concretizados estes investimentos no nosso concelho, com a criação de muitas dezenas de postos de trabalho e uma valorização imensa para a nossa economia local e regional”. As “grandes expetativas” estendem-se ao “novo Aviso que agora saiu e destas empresas que manifestaram a intenção da sua candidatura em tempo oportuno”.

Quanto às quatro candidaturas que dizem respeito ao concelho de Abrantes, “são de quatro empresas diferentes”, quer na área da metalomecânica, quer na produção e transformação de carnes e outras na área da energia, como confirmou Manuel Jorge Valamatos. “São quatro investimentos muito robustos e muito interessantes para a nossa economia local e regional”, disse.

O autarca adiantou ainda que “estes quatro grandes investimentos (...) estão agora numa fase de análise por diferentes entidades e cremos acreditar que vão ser apoiados e, fundamentalmente, que vão ser operacionalizados e tornar-se uma realidade nos próximos tempos”.

O presidente da Câmara de Abrantes disse também “esperar que os novos avisos possam vir a encaixar um conjunto de outras intenções que já foram manifestadas e que tudo isto arraste um nível de investimento muito significativo para o nosso concelho e para a nossa região”.

No que se refere a outras intenções manifestadas mas que não foram consideradas nos Avisos publicados até agora, o presidente da Câmara de Abrantes explicou que “em sede de manifestação de intenção houve um conjunto de empresas, sobretudo na área da tecnologia e da ciência que manifestaram essa vontade de fazer investimento em Abrantes”. No entanto, “este Aviso não se dirigiu para essas empresas mas vamos esperar que o próximo aviso possa encaixar esses possíveis investimentos que também entendemos de grande oportunidade e de mais valia para o concelho e para a região”.

Manuel Jorge Valamatos, presidente da Câmara Municipal de Abrantes

Em resposta a questões colocadas pela Antena Livre, a CCDR Centro confirmou que o Aviso N.º 03/SI/2022 - Apoio à diversificação económica para uma Transição Justa no Médio Tejo​, “encerrou no dia 16 de setembro com a submissão de 14 candidaturas, que totalizam um investimento elegível de 134,5 milhões de euros e apoio FEDER solicitado de 46,1 milhões de euros”. Acrescenta ainda a entidade que “neste momento, as candidaturas foram encaminhadas para análise dos Organismos Intermédios ( IAPMEI e AICEP).

Reunião de Câmara de Abrantes esta quinta-feira, dia 6 de outubro

Partilhar nas redes sociais:
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - novembro 2022
Jornal de Abrantes - novembro 2022
PUB