ESPECIAL COVID-19

Empresa canadiana de cannabis a caminho de Mação

2019-11-27
Foto: Googlemaps
Foto: Googlemaps

Uma empresa produtora de cannabis para fins medicinais poderá estar a caminho de Mação, mais propriamente em terrenos adjacentes à zona industrial de Ortiga. A informação foi confirmada pelo presidente da Câmara Municipal de Mação, Vasco Estrela, após a reunião do executivo municipal que aprovou o pedido de viabilidade para a instalação da empresa.

Trata-se, ao que apurámos, de uma empresa que vai produzir cannabis exclusivamente para fins medicinais e 100% para exportação. Ao que conseguimos saber a empresa, de capitais canadianos, vai ter a unidade de cultivo da cannabis, com recurso a estufas, e uma outra de embalamento. “Trata-se de uma unidade cuja produção é para fins terapêuticos e totalmente para exportar”, garantiu o autarca que explicou ainda que, a concretizar-se, será um investimento de três milhões de euros e vai criar cerca de 15 postos de trabalho.

Neste caso trata-se de um terreno da Junta de Freguesia de Ortiga e mais algumas estruturas que ficam lá perto. Aliás, a junta de freguesia também tem estado a trabalhar para que se concretize este projeto.

Vasco Estrela não adiantou muito mais informação porque não quer gerar expectativas sobre questões que não estão dependentes da Câmara de Mação “nós não mandamos no dinheiro dos investidores. Agora estamos cá para dar todas as condições para que as empresas se instalem”.

O autarca de Mação revelou que tem mantido este projeto sob alguma reserva, mas acrescentou que não se podem esconder porque as deliberações são públicas. Este é um que está a avançar, “mas temos mais interessados, mais projetos a avançar nesta área”, garantiu Vasco Estrela que confirmou ainda que ele próprio, e o vice-presidente, “já tiveram conversas com as autoridades de Portugal [neste caso o INFARMED] e efetivamente há boas possibilidades que se instalem aqui empresas desta área”. Na mesma linha de conversa adiantou ainda que têm tido contactos com a entidade que está a gerir processos de clientes desta área específica que procuram terrenos e locais para estas atividades.

“Estamos a tentar criar condições, sem qualquer constrangimento, para a instalação deste tipo de empresas. Posso garantir que já tivemos, seguramente, uma dezena de visitas de interessados”, disse Vasco Estrela.

O presidente da Câmara de Mação garantiu que “neste momento são três empresas interessadas sendo esta a que tem o processo mais avançado”. No entanto, reafirma que “não posso garantir à população do concelho que está certo o investimento porque os empresários são donos do seu dinheiro o que faço é garantir condições para que se instalem cá. Depois a decisão passa para a esfera dos privados”. Vasco Estrela garante, no entanto, que tudo a correr bem deverá ter a instalação desta empresa canadiana em meados de 2020.

 

2019-11-27
Bombeiros
PUB

Jornal de Abrantes

Jornal de Abrantes agosto 2020
PUB
Carpego