ESPECIAL COVID-19

Municípios de Abrantes, Mação, Sardoal e Vila de Rei distinguidos com bandeira “Autarquia + Familiarmente Responsável”

2019-11-13
OAFR2019
OAFR2019

O Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis, criado pela Associação Portuguesa de Famílias Numerosas (APFN), voltou este ano a premiar as autarquias do país que se destacaram pelas suas boas práticas.

Na região, os Municípios de Abrantes, Mação, Sardoal e Vila de Rei foram distinguidos com a bandeira verde com palma, por receberem todos a distinção há mais de três anos consecutivos.

Na base das distinções está a adoção de várias políticas por parte dos municípios a nível familiar, de educação, habitação, transportes, saúde, cultura, desporto, tempo livre e participação social. Entre as medidas nestas áreas destacam-se, por exemplo, os apoios ao nascimento, pagamento de creches, comparticipação a consultas de oftalmologia e de medicamentes, oferta de vacinação, cantinas sociais e escolares abertas e transportes escolares gratuitos para estudantes.

Para Abrantes, este é “o nono ano em que a autarquia é distinguida”, conforme realçou o presidente da Câmara Municipal, Manuel Jorge Valamatos, em reunião do executivo.

O Município considera esta "renovação deste galardão nacional um motivo de orgulho, mas também de acrescida responsabilidade”.

No caso da Câmara Municipal de Mação, este foi o sétimo ano consecutivo que a autarquia recebeu a bandeira verde. Uma distinção que é vista pelo presidente do município, Vasco Estrela, como “um motivo de orgulho não só para a Câmara Municipal mas também para todo o município.”. “O trabalho que desenvolvemos tem como destinatários os nossos munícipes, por forma a garantir-lhes as melhores condições para residirem e se manterem neste concelho, assim como o seu bem-estar e qualidade de vida. Assim continuaremos a atuar (…) sobretudo para tornar o dia-a-dia dos maçaenses cada vez mais confortável", concluiu o autarca.

Por sua vez, Sardoal completa este ano uma 'mão cheia' de bandeiras, visto que é o quinto ano consecutivo que a autarquia recebe a distinção.

 Vila de Rei é o município na região com mais história nesta distinção, uma vez que este ano é já a 11ª vez que a autarquia recebe a bandeira verde (facto ao qual se junta o marco de ser um município que recebe a distinção desde o início da iniciativa do OAFR).

O Presidente da autarquia vilarregense, Ricardo Aires, realça que “esta nova distinção como ‘Município + Familiarmente Responsável’ volta a encher-nos de orgulho e a reconhecer a importância das medidas de apoio social e à família que Vila de Rei tem implementado ao longo dos últimos anos.”.

Para além de assumirem uma elevada importância para o dia-a-dia dos vilarregenses, estamos em crer que estas medidas são igualmente importantes naquele que é o nosso esforço de fixar população no concelho e, assim, lutar contra a desertificação do Interior do País.”, concluiu.

O que é uma "Autarquia + Familiarmente Responsável"?

Com o propósito de dar visibilidade às autarquias e também de “potenciar a experiência obtida por uns municípios em benefício dos outros” e de “colocar ao dispor das autarquias uma equipa pluridisciplinar, constituída por pessoas da área da sociologia, psicologia, assistência social e familiar e economia que possam contribuir positivamente para a avaliação de medidas nesta área”, o Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis refere que uma “Autarquia + Familiarmente Responsável” assume duas vertentes: aquela que, “enquanto entidade empregadora, adota medidas facilitadoras de conciliação de vida familiar e laboral para os seus trabalhadores, tornando-se, assim, laboratório e modelo destas práticas para as empresas no seu município”; e, por outro lado, uma autarquia que é responsável para com os munícipes, com “medidas facilitadoras da vida familiar, em particular para as famílias com três ou mais filhos, por serem as que mais colaboram no combate ao envelhecimento e desertificação, sendo fonte de riqueza, através da criação de emprego, do aumento do espírito de iniciativa e da estabilidade social”.

Em comunicado, o OAFR revelou que na edição deste ano 141 autarquias participaram no inquérito do organismo, tendo sido distinguidas 76 nesta 11.ª edição da iniciativa, ou seja, 25% da totalidade dos municípios portugueses (que ascendem a 308).

Os distritos com maior número de autarquias distinguidas foram os distritos de Coimbra, com 12, seguido de Lisboa e Santarém, ambos com oito.

Segundo o OAFR, a edição deste ano cresceu 9% ao nível do número de participantes, passando de 130 para 141, assim como houve um aumento do número de municípios distinguidos, que evoluiu de 70 para 76.

A entrega das bandeiras aos municípios distinguidos vai acontecer no próximo dia 27 de novembro, numa cerimónia a acontecer no Auditório da Fundação FEFAL, em Coimbra.

Conheça aqui a lista completa das autarquias distinguidas este ano pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis: http://www.observatorioafr.org/autarquias.asp

Ana Rita Cristóvão

(C/Lusa)

 

2019-11-13
Mercar
PUB

Jornal de Abrantes

Jornal de Abrantes junho 2020
PUB
Bombeiros