ESPECIAL COVID-19

Palha de Abrantes quer ser uma das 7 Maravilhas - Doces de Portugal

2019-07-05

A Palha de Abrantes entra hoje em competição no concurso 7 Maravilhas – Doces de Portugal. Ao final da tarde vai ficar a saber-se qual o doce de Santarém que vai passar à próxima fase. Ao longo da semana quem quis pode votar [760 107 027 – linha de valor acrescentado 0,60€ mais IVA] no seu doce o os resultados da votação serão divulgados num programa da RTP, em direto da capital de distrito, Santarém.

A fazer companhia à Palha de Abrantes, como representantes do distrito de Santarém, estão os Arrepiados e as Celestes de Santa Clara (Santarém), o Bolo de Cabeça e o Pastel de Feijão de Torres Novas (Torres Novas), os Bons Maridos (Ferreira do Zêzere) e as Fatias de Tomar (Tomar).

Mas no que diz respeito à Palha de Abrantes, o Município apresentou a candidatura que ultrapassou a primeira fase, no qual esteve ao lado de mais de 140 doces. Hoje, Abrantes estará representada pela Palha de Abrantes, pelo Chef Fernando Correia, por autarcas, pela mascote “Palhinhas” e por uma claque constituída por elementos das universidades da terceira idade de Abrantes e Tramagal.

Luís Filipe Dias, vereador com o pelouro do Turismo da Câmara Municipal de Abrantes, destacou o fato desta aposta na promoção de um dos doces mais identitários de Abrantes. Funciona como promoção do concelho e do doce, e consequentemente da atividade económica que lhe está adjacente. “É uma promoção para o mundo inteiro”.

A defender o doce de Abrantes vai estar o Chef Fernando Correia que recebeu a reportagem da Antena Livre / Jornal de Abrantes quando estava a “pré-preparar” os condimentos necessários à produção da Palha de Abrantes. Um tabuleiro com os fios de ovos, cozidos em calda de açúcar, que vão dar para cerca de 250 “palhas”, contou o Chef. “Vamos levar os fios de ovos já feitos, assim como os ovos-moles. Lá [no programa] só vamos conjugar os ingredientes por uma questão de logística”.

Enquanto vai preparando as coisas, Fernando Correia confirmou que esta iniciativa dá sempre mais visibilidade a um doce que, juntamente com as tigeladas, constituem uma imagem de marca de Abrantes. “Claro que aumenta as nossas vendas. Há pessoas que, depois, nos procuram para comprar a Palha de Abrantes. E a Palha de Abrantes feita na hora, os fios de ovos e os ovos-moles, tem uma validade de 15 dias”.

Já sobre o concurso salientou a importância de “estarmos lá”, espera uma boa votação por parte dos habitantes da região, mas deixou a nota: “Gostava mais que a escolha fosse feita por um júri que provasse e avaliasse”. Mas as regras são assim, pelo que o Chef deixa o desafio de que votem na Palha de Abrantes para que possa passar a uma das semifinais.

E como o Chef Fernando Correia estava na fábrica dos doces, à pergunta sobre como é feita a Palha de Abrantes, a resposta foi clara: “Claro que explico”. Explicação que pode ouvir e ver na sequencia de fotografias que lhe mostramos.

Mas, seguimos então com a explicação. Primeiro coze-se o ovo em fios. É fazer a calda de açúcar, o dobro do açúcar para a quantidade de água. Quando estiver a ferver, no ponto pérola fraco (107 graus), deitam-se as gemas batidas num passador, chamado chinês. Os fios cozem na calda e são retirados para secar. “O objetivo é fazer uns fios de ovos sedosos e não secos”. Ficam uma espécie de novelos de lã que, depois, haverão de ser “desembaraçados”. Depois o doce de ovos com amêndoa a que se juntam citrinos.

Feito o doce de ovos, o Chef passou à montagem do doce.

Numa forma de papel coloca um quadrado de folha de hóstia, depois o doce de ovos. Em cima os fios de ovos, bem soltos. Depois é só ir ao forno gratinar. De seguida deixar arrefecer e está pronta.

Fernando Correia aconselha a comer a Palha de Abrantes de baixo para cima: “Normalmente come-se logo os doces por cima, pelos fios de ovos. Deve ser ao contrário. Devem usar uma colher para comer a Palha de Abrantes, para misturar os sabores”.

A gala final, que vai escolher as 7 Maravilhas dos doces, vai acontecer a 7 de setembro em programa da RTP e os vencedores serão apurados pela votação dos portugueses.

Este concurso faz parte das das 7 Maravilhas de Portugal que tem vindo a atribuir prémios nas mais variadas temáticas, como gastronomia, aldeias, praias, monumentos e natureza. No sítio do concurso (https://7maravilhas.pt/) pode encontrar os regulamentos e a lista completa dos doces a concurso.

 

Noticia relacionada: https://www.antenalivre.pt/noticias/palha-de-abrantes-votacao-das-7-maravilhas-comeca-dia-27

 

 

 

 

2019-07-05
Carpego
PUB

Jornal de Abrantes

Jornal de Abrantes outubro 2021
PUB
Mercar