ESPECIAL COVID-19

Tramagal: Mitsubishi inicia produção de veículo totalmente elétrico em 2017

2016-10-07

A Mitsubishi Fuso TruckEurope, sediada na freguesia de Tramagal, concelho de Abrantes, vai iniciar uma nova produção em 2017. Trata-se de um novo veículo,intitulado Fuso eCanter,e é a terceira geração do Fuso Canter E-Cell já desenvolvido na unidade fabril.

“Estamos a falar da terceira geração de um veículo elétrico, designado eCanter, que é a versão elétrica de um veículo que nós produzimos com motor a combustão”, explicou Jorge Rosa, o CEO da Mitsubishi.

“É a terceira geração porque já tínhamos produzido 10 unidades de uma segunda, que esteve em teste por todo o país, e ainda está em teste na Alemanha. Esta terceira geração é a evolução natural, sendo que os projetos de investigação e desenvolvimento passam por várias fases e esta é mais uma delas”, destacou o responsável.

O novo veículo já foi apresentado publicamente, no passado mês de setembro, e terá uma produção piloto alargada de cerca de 100 a 200 unidades, em 2017, que será continuada numa produção em massa em 2019.

Jorge Rosa afirmou que anova viatura representa a “evolução natural da mobilidade”e “é claramente uma tendência que vai surgir muito mais rápido do que aquilo que se pensa, sobretudo nas grandes cidades”.

“As boas práticas ambientais é um dos fatores que conduz a esta tendência, sendo que a viatura tem um nível de emissões, praticamente nulo, e por outro lado porque esta nova alternativa é economicamente viável.Acreditamos que esta será uma forma de mobilidade inevitável”, fez notar o responsável.

Numa fase inicial, o novo eCanter irá entrar, mais facilmente, nos mercados ocidentais, “derivado às restrições que já se impõem em algumas cidades de veículos a combustão.Numa segunda fase nos restantes mercados”, afirmou Jorge Rosa.

O CEO explicou que, antigamente, “todos os projetos que surgiam à volta dos veículos elétricos, eram projetos experimentais e bastante caros e era impossível passá-los à prática, uma vez que ninguém compraria um veículo com valores incomportáveis.Hoje, falamos de uma redução de custo acentuada ao nível das baterias e de todos os componentes destes veículos, que permite que daqui a 2/3 anos estes carros vão estar ao nível dos carros com motor a combustão”.

Com 350 colaboradores, a Mitsubishi Fuso TruckEurope fecha o ano de 2016 com “crescimento na produção relativamente a 2015”e, segundo Jorge Rosa, a “tendência irá ser continuada em 2017”.

2016-10-07
Carpego
PUB

Jornal de Abrantes

Jornal de Abrantes outubro 2021
PUB
Bombeiros