Município Abrantes
PUB

Assembleia Municipal de Abrantes: Abrantes: Assembleia elege representantes, lista para a assembleia da CIMT e CDU toma posição sobre acordo entre partidos da oposição

14/12/2021 às 15:56

A cada novo mandato, a cada primeira sessão da Assembleia Municipal são eleitos os representantes do órgão em diversas entidades. É um processo normal e comum em todos os Municípios.

Abrantes não fugiu à regra e, na reunião da Assembleia Municipal de 10 de dezembro foram apresentadas as propostas com os nomes dos candidatos às diversas entidades.

Se em oito das nove propostas não houve grande discussão, uma delas teve outros envolvimentos. Para a Assembleia Intermunicipal do Médio Tejo Abrantes tem quatro eleitos. Nesse sentido foram apresentadas duas propostas para a eleição dos representantes da Assembleia Municipal de Abrantes [apenas os eleitos diretamente para o órgão]. A Lista A foi apresentada pelo Partido Socialista. E uma segunda lista, a B, liderada pelo PSD contou com entendimento e acordo das outras forças políticas da oposição, com exceção da CDU que recusou entender-se com um grupo em que estava o CHEGA.

A lista A proposta pelo PS foi composta por António Mor, Piedade Pinto, Manuel dos Santos e António Veiga e como suplentes, Tiago Ricardo e Sérgio Lopes. A lista B, proposta pelo PSD, integrava João Fernandes (PSD), José Rafael Nascimento (ALTERNATIVAcom), Pedro Grave (BE), Luís Carloto (CHEGA) e como suplentes, João Paulo Rosado (PSD) e Sónia Pedro (ALTERNATIVAcom).

A votação contou com 12 votos para a lista A (PS) e 8 para a lista B (PSD, ALTERNATIVAcom, BE e CHEGA). De acordo com o Método de Hondt foram eleitos dois elementos de cada lista. Sendo que o quarto elemento teria, nas divisões, 4 votos (12 a dividir por três ou 8 a dividir por 2), o método privilegia os menos votados e, dessa forma, permitiu a eleição do segundo elemento da lista B.

Assim sendo os representantes da Assembleia Municipal de Abrantes na Assembleia Intermunicipal do Médio Tejo são António Mor e Piedade Pinto (PS), João Fernandes (PSD) e José Rafael Nascimento (ALTERNATIVAcom).

CDU declinou convite do PSD para integrar a lista “da oposição”

A CDU reagiu, no início desta semana, em comunicado em que explica por que motivo declinou o convite na abordagem que o PSD lhe fez antes da Assembleia Municipal.

No texto enviado à redação da Antena Livre a CDU refere que os ativistas da coligação “decidiram declinar o convite por não se reverem nesta situação e entenderem que as populações nada teriam a ganhar com tal acordo para um lugar de 2.º suplente.”

No mesmo texto a CDU lembra que os partidos “são livres de fazerem os acordos que entendem”, mas acrescenta que estranha “que Rui Rio jure a pés juntos que o acordo feito nos Açores não se repetiria no continente, traçando uma linha vermelha e Catarina Martins que acuse o PSD de dar a mão ao Partido CHEGA, a quem acusa, e bem, de ser um partido racista e xenófobo e que em Abrantes se façam estes acordos por um mero suplente numa comunidade intermunicipal.”

A CDU toma ainda uma posição pública sobre a falta de entendimento na Assembleia de Freguesia de Alvega e Concavada. A CDU “não entende, igualmente, a intransigência do PSD e do Bloco de Esquerda na União de Freguesias de Alvega e Concavada, demitindo-se concertadamente em bloco obrigando a freguesia a ir novamente para eleições, privando a população da sua escolha. Para a CDU, no poder local, quem ganha deve governar independentemente da correlação de forças.” E depois acrescenta que, no poder local, a coligação não quer ser um “obstáculo à formação dos órgãos autárquicos, condição para a governabilidade.”
Os eleitos para representar a Assembleia nas diferentes entidades

Os eleitos para representar a Assembleia nas diferentes entidades

Quanto à eleição de representantes paras outras entidades as escolhas recaíram Bruno Tomás, como presidente da União de Freguesias de Abrantes e Alferrarade para a ANMP – Associação Nacional de Municípios Portugueses; Pedro Matos, presidente da Junta de Freguesia de Mouriscas para o Conselho Cinegético Municipal; Sónia Alagoa, presidente da Junta de Freguesia de Fontes para o Conselho Municipal de Turismo.

Já o presidente de junta de freguesia eleito para participar no Conselho Municipal de Educação foi Bruno Tomás, presidente da União das Freguesias de Abrantes e Alferrarede; para a Comissão Municipal de Gestão Integrada de Fogos Rurais foram escolhidos os presidentes da Junta de Freguesia de Bemposta, Manuel João Alves, e da União das Freguesias de Aldeia do Mato e Souto (Álvaro Paulino); para a Comissão Municipal de Proteção Civil o representante das juntas de freguesia é o presidente da Junta de Freguesia de Bemposta, Mannuel João Alves.

Foi ainda eleito um presidente de junta de freguesia, neste caso de S. Miguel do Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo, Luís Valamatos, para o Conselho Municipal de Saúde. Ainda na saúde, mas para o Conselho da Comunidade no Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo foi escolhido António Mor.

Partilhar nas redes sociais:
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - julho 2022
Jornal de Abrantes - julho 2022
PUB