ESPECIAL COVID-19

AUTÁRQUICAS | MIGUEL BORGES RECANDIDATA-SE PELO PSD À CÂMARA MUNICIPAL DO SARDOAL

2017-03-05

António Miguel Borges, a cumprir o primeiro mandato como presidente da Câmara Municipal do Sardoal, vai ser o candidato do PSD à presidência da autarquia nas próximas eleições autárquicas, anunciou a Comissão Politica Nacional.

Miguel Borges, natural de Abrantes, tem 51 anos e é professor do quadro do Agrupamento de Escolas do Sardoal, no distrito de Santarém, do qual foi Presidente do Conselho-Geral, tendo a sua recandidatura merecido a unanimidade de votos das estruturas distritais e nacionais.

Em declarações à agência Lusa, Miguel Borges disse que pretende “dar continuidade” ao compromisso assumido em 2013 e a um “plano de trabalho e levantamento das necessidades estratégicas de desenvolvimento que já apontava para o ano 2020, com uma política de desenvolvimento sustentável e não virada para um ciclo autárquico mas sim para um futuro a 10, 15 anos”.

O autarca social-democrata, que já havia cumprido um mandato na qualidade de vice-presidente da autarquia, entre 2009 e 2013, defendeu uma estratégia de desenvolvimento económico “diferenciadora e sustentável” para o município de Sardoal, assente numa “aposta ao nível do turismo, e no âmbito da fé e religiosidade”.

Por outro lado, destacou, as principais linhas de força da sua recandidatura e do seu plano de ação assentam na “qualidade de vida das pessoas e no aumento populacional, atenção às necessidades das respostas na área social e a aposta na cultura e educação”, tendo feito notar que as mesmas “não são politicas imediatistas mas sim de maior profundidade, para que o concelho possa ter resultados sustentáveis”.

Miguel Borges não esqueceu os “pontos que preocupam, relativamente a políticas que não competem às autarquias”, e que se prendem com a “falta de médicos e o ordenamento florestal”.

Nas eleições autárquicas de 2013, o PSD conquistou a maioria absoluta, com 49,5% dos votos e 3 mandatos. O PS, com 23,9%, e o Grupo de Independentes por Sardoal (GIS), com 19,1%, elegeram um vereador cada.

Miguel Borges preside à Comissão Política concelhia do PSD e foi diretor musical da extinta Orquestra Ligeira de Abrantes (OLA), da Filarmónica União Sardoalense (FUS) e do Grupo Coral do GETAS – Centro Cultural do Sardoal.

Lusa

2017-03-05