ESPECIAL COVID-19

Autárquicas: PSD vai realizar 19 convenções distritais e um encontro nacional

2017-03-24

O PSD anunciou hoje que vai realizar 19 convenções autárquicas distritais, duas regionais e um encontro nacional para preparar as eleições municipais que se vão realizar no outono.

O anúncio foi feito através da ‘newsletter’ diária do partido, que defende que o PSD continua “a ser a força política com o processo autárquico mais avançado”, depois de ter até ao final de março o processo de escolha de candidatos quase concluído.

Do encontro nacional, ainda sem data e que contará com a presença do presidente do partido, Pedro Passos Coelho, sairá “uma carta de compromissos assumidos pelos candidatos nas listas do PSD, para o novo mandato autárquico”, refere ainda a ‘newsletter’.

Quatro dos encontros regionais já têm data marcada: a 02 de abril, decorrerá a convenção autárquica distrital da Guarda, a 6 de maio a de Leiria, em Pombal e, a 20 do mesmo mês, a reunião acontece em Lisboa. A 11 de junho, terá lugar a convenção autárquica distrital de Santarém.

“O PSD prepara-se agora para estar no terreno, em contacto com militantes, simpatizantes e todos os que queiram participar nas convenções que serão realizadas, mantendo a sua preocupação constante de estar perto das populações”, refere o boletim informativo dos sociais-democratas.

O Conselho Nacional do PSD reúne-se hoje à noite em Lisboa, com a análise da situação política na agenda e num momento em que o processo autárquico no partido está perto de estar concluído.

Na ordem de trabalhos do Conselho Nacional, órgão máximo do partido entre Congressos, constam dois pontos: informações e análise da situação política.

De acordo com os estatutos do partido, é à Comissão Política Nacional que cabe “homologar a designação dos candidatos do partido à Presidência das Câmaras Municipais”, processo que tem sido feito nos últimos meses.

No entanto, apesar de o Conselho Nacional não ter qualquer competência em matéria autárquica, o próximo ato eleitoral será seguramente tema na reunião, até por se tratar de um órgão alargado do partido.

Na terça-feira, a Comissão Política Nacional do PSD aprovou mais 85 candidatos a presidentes de Câmara, incluindo Lisboa e outras seis capitais de distrito, depois de já ter homologado 95 nomes.

No total, o PSD tem já homologados pela Comissão Política Nacional os candidatos a presidentes de câmara em 180 dos 308 municípios do país e várias outras dezenas são dados como ‘fechados’ pela direção.

Por definir estarão apenas os candidatos a presidentes de Câmara do PSD em 15 concelhos (incluindo Oeiras), além dos 30 municípios de Açores e Madeira, sendo que estes últimos apenas serão ratificados pela direção durante o mês de abril.

Lusa

2017-03-24