ESPECIAL COVID-19

Duarte Marques propôs ao Governo formação em Proteção Civil para autarcas e Ministro concordou | COM SOM

2017-11-15

O deputado do PSD propôs ao Ministro da Agricultura a organização de um plano de formação para autarcas em matéria de proteção civil e combate aos incêndios. Recordando a formação em combate a incêndios que foi dada recentemente a alguns membros do Governo, Duarte Marques lembrou que “os autarcas são os principais responsáveis pela proteção civil nos seus concelhos não tendo necessariamente formação especial para isso”.

O deputado deu o exemplo do governo anterior que criou o programa Capacitar para dar formação em gestão aos autarcas que estivessem interessados.

Muitos autarcas, presidentes de Câmara e Juntas de Freguesia reclamam frequentemente que são chamados “a assumir responsabilidades para as quais nem estão nem foram devidamente preparados”.

Duarte Marques lembrou que nem todas as pessoas têm a mesma experiência profissional ou de vida nestas matérias, “que cada vez mais fazem a diferença neste tipo de tragédias”. “Quer na preparação e organização do terreno, no apoio aos meios dos bombeiros e da proteção civil, na comunicação com as populações, são áreas fundamentais de decisão que exigem cada vez mais preparação”, acrescentou o deputado.

“Os autarcas são cada vez mais decisivos na preparação do terreno e no combate aos incêndios florestais e merecem este apoio”.

“O Estado tem meios, tem capacidade, tem instituições e organismos com conhecimento e informação suficiente que pode ser organizada e preparada para transferir para os autarcas com profundidade e qualidade um manancial de conhecimento que pode permitir uma ação mais coordenada e eficiente”, informa o PSD em nota de imprensa.

Duarte Marques lembrou ainda que há fundos europeus que podem ajudar a financiar este tipo de iniciativas.

O ministro da Agricultura, Capoulas Santos, concordou com a proposta, elogiou a sugestão do deputado eleito por Santarém e comprometeu-se a preparar, em conjunto com os restantes membros do governo, um programa de formação adequado e que dê resposta a esses desafios.

Um dos autarcas que alertou para a falta de formação dos principais responsáveis pela proteção civil nos concelhos, foi Miguel Borges, presidente da Câmara Municipal de Sardoal.

Com esta proposta de Duarte Marques e com a posição tomada pelo ministro, o autarca considera que “impera o bom senso em todo este processo”.

2017-11-15