ESPECIAL COVID-19

Abrantes: Testes Covid negativos para alunos da Escola Solano de Abreu (ATUALIZADA C/ÁUDIO)

2020-10-16

Os alunos da Escola Secundária Dr. Solano de Abreu que fizeram ontem os testes ao coronavírus, conheceram esta sexta-feira os resultados e foram todos negativos, com exceção de dois casos considerados inconclusivos.

De acordo com fonte ligada ao processo, estes dois alunos vão repetir o teste porque a matéria recolhida pelas zaragatoas não era em quantidade suficiente para a análise. Estes dois alunos vão repetir os testes este sábado.

Todos os outros, cujo resultado foi negativo, regressam na próxima segunda-feira à normalidade das aulas presenciais de acordo com as indicações da saúde pública.

Recorde-se que na terça-feira, 13 de outubro, foi conhecido um caso de uma aluna da escola Solano de Abreu que tinha positivo ao SARS-COV-2. Nesse mesmo dia a escola e a Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo acionaram o plano de contingência.

A escola contactou os pais de todos os alunos da turma em causa dando conta do caso positivo e que os jovens teriam de ficar em confinamento até serem feitos os testes e conhecidos os respetivos resultados. Para além da turma os contactos mais próximos da jovem, entre alunos da escola e familiares, ficaram igualmente em confinamento.

Na terça-feira, em declarações à Antena Livre, a coordenadora da saúde pública no Médio Tejo, Maria dos Anjos Esperança, explicou que os professores, por indicações da Direção-Geral de Saúde, manter-se-iam em funções reforçando todas as regras de proteção individual.

Ao início da tarde desta sexta-feira, Jorge Costa, diretor da Escola Secundária Solano de Abreu, confirmou que todos os testes foram feitos e tiveram resultados negativos à exceção de dois que foram inconclusivos. E ao que apurámos foram inconclusivos por falta de matéria para análise que permita, com segurança, aferir a presença ou não do SARS-COV-2 no organismo.

AntenaLivre · Jorge Costa Diretor Escola Secundária Solano de Abreu
 

Agora, passado o período que gerou uma natural preocupação, o diretor da escola indica que todos os alunos negativos regressam segunda-feira às aulas presenciais. Jorge Costa diz que não houve um alarmismo exagerado na comunidade escolar e que, entre as perguntas que iam surgindo a direção ia esclarecendo. O diretor revelou ainda que o plano funcionou. Embora tenha ressalvado que preferia não ter casos positivos no seu estabelecimento, Jorge Costa indicou que esta foi a prova de que os planos que estavam preparados foram acionados e que tudo correu bem. No entanto, o diretor disse que a pandemia é uma questão de todos e notou os números desta sexta-feira, mais de 2 600 casos novos em Portugal. Sobre ajustes aos planos da escola pelo regresso do Estado de Calamidade Jorge Costa adianta que não causou qualquer alteração ao que está a ser a prática diária deste que começaram as aulas.

2020-10-16