ESPECIAL COVID-19

COVID-19: Médio Tejo com mais 13 casos positivos e 13 recuperados (C/ÁUDIO)

2020-10-17

O Médio Tejo tem hoje um registo de mais 13 casos de pessoas que testaram positivo ao coronavírus o que eleva o total acumulado de casos positivos para 858 infetados desde que começou a pandemia. Os casos registados pela saúde pública do Médio Tejo são em Abrantes (2), Alcanena (1), Constância (1), Entroncamento (1), Ourém (3), Tomar (1) e Torres Novas (4).

No sentido inverso há também hoje mais 13 pessoas que estavam infetadas e que já testaram negativo e que por isso estão recuperados tendo tido alta médica. Todos os recuperados de hoje são do concelho de Ourém.

No que diz respeito às vigilâncias ativas o relatório epidemiológico dá conta de 218 pessoas que contactaram de perto com infetados. De acordo com as normas de saúde pública estas pessoas têm a obrigação de confinamento em casa e só poderão sair para fazer os testes ou quando tiverem a alta por para da autoridade de saúde pública.

As 218 pessoas em vigilância ativa estão localizadas no concelho de Abrantes (29), Alcanena (13), Constância (10), Entroncamento (47), Ferreira do Zêzere (4), Mação (2), Ourém (37), Sardoal (2), Tomar (29), Torres Novas (41) e Vila Nova da Barquinha (4).

Portugal andou abaixo dos mil casos diários. Ultrapassou os mil e os dois mil. As autoridades de saúde, nomeadamente a ministra Marta Temido já veio dizer que brevemente poderemos ultrapassar os três mil e há modelos matemáticos que até já apontam aos cinco mil casos diários.

Maria dos Anjos Esperança, tendo informações mais apuradas e sigilosas, diz que reage aos números públicos com muita apreensão e da forma que um médico de saúde pública pode reagir: “Apelar para as pessoas terem cuidado, para cumprirem os concelhos, cumprirem as regras”.

E a grande preocupação é os nossos cuidados diferenciados terem capacidade de resposta para quem, efetivamente, precisa de cuidados hospitalares. Enquanto as pessoas tiverem um positivismo assintomático podem fazer o seu isolamento em casa. Quando for preciso os serviços de internamento, ventilações ou cuidados intensivos “aí a coisa pode começar a complicar se o nosso sistema de saúde não conseguir dar resposta”.

Maria dos Anjos Esperança

O ACES Médio Tejo abrange a área territorial de 11 municípios com cerca de 235 mil utentes. Abrange as unidades de saúde de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila nova da Barquinha, numa área territorial de 2.706,10 Km's quadrados.

Já os concelhos da Sertã e Vila de Rei que fazem parte do Médio Tejo na divisão político-administrativa em termos de saúde pertencem ao ACES do Pinhal Interior Sul que abrange ainda os concelhos de Proença-A-Nova, Oleiros e cerca de 30 mil utentes.

 

2020-10-17