Antena Livre
Deseja receber notificações?

CHMT: Hospitais do Médio Tejo atingem indicadores assistenciais em níveis pré-pandemia em 2022

6/02/2023 às 16:10

O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), constituído pelas unidades hospitalares de Abrantes, Tomar e Torres Novas, alcançou em 2022 “resultados expressivos na prestação de cuidados de saúde à população”. Os dados da atividade da Instituição ficaram em linha com aqueles registados na pré-pandemia, “o que permite concluir que a atividade assistencial está a ser desenvolvida em pleno, e que no ano agora em curso seja mantida a trajetória de melhoria sustentada dos principais indicadores”.

Assim, no que diz respeito ao Internamento, a atividade registou 15.704 altas, traduzindo-se num aumento acumulado de 13,8%. Ou seja, mais 1.902 doentes face ao ano anterior.

Na área da Consulta, realizaram-se 179.349 consultas externas, um aumento expressivo de mais 12.387 consultas comparativamente com o ano anterior. Destacam-se as seguintes especialidades: para o total de consultas médicas, Dermatologia com mais 61% de consultas; nas primeiras consultas, a maior variação percentual positiva verifica-se na Pedopsiquiatria, com mais 88% de consultas.

A Cirurgia apresenta também indicadores de evolução expressivos. Realizaram-se 10.610 cirurgias programadas, o que representa um aumento de mais 1.845 cirurgias (mais 21%) comparativamente com o ano anterior.

O maior aumento, em termos absolutos, regista-se nas seguintes especialidades: Oftalmologia (mais 823 cirurgias) e Ortopedia (mais 604 cirurgias). De notar que oito das dez especialidades cirúrgicas do CHMT situaram-se ao nível ou acima da atividade cirúrgica programada, face ao ano anterior.

O Hospital de Dia é um Serviço onde os utentes podem realizar tratamentos demorados e/ou com produtos de utilização exclusiva hospitalar, em ambiente resguardado, sem necessitarem de internamento. Em 2022, o Hospital de Dia realizou um total de 32.461 sessões, verificando-se um crescimento de mais 13,9% (mais 3.966 sessões em termos absolutos) comparativamente ao ano anterior.

No que diz respeito à atividade da Maternidade, registaram-se 688 partos, com a curiosidade de terem nascido 693 bebés. Ainda assim, em 2022 realizaram-se menos 25 partos face ao período homólogo.

A atividade desenvolvida na Urgência indica igualmente um aumento da procura por parte dos utentes, dado que em 2022 foram realizados 154.139 atendimentos urgentes no CHMT, verificando-se um crescimento homólogo de 27,2% (mais 32.926 episódios), que equivalem a 422 episódios, em média, por dia. Refira-se ainda que o número dos doentes internados após entrada num serviço de urgência do CHMT encontra-se nos 8,1%, uma diminuição de cerca de 1,2% face ao ano anterior.

“Este foi um ano de alcançar objetivos. Mas não esquecemos que por detrás destes dados estatísticos estão pessoas, os utentes, que beneficiaram dos cuidados de saúde proporcionados pela Instituição, e os seus profissionais, que com o seu empenho e competência técnica permitiram alcançar estes resultados”, afirma Casimiro Ramos, presidente do Conselho de Administração do CHMT. “O ano de 2022 foi um ano desafiante, dado que era necessário recuperar o acompanhamento e tratamento dos utentes cuja situação de saúde se agravou com a pandemia, ao mesmo tempo que essa pandemia ainda se fazia sentir em diversos níves”, explica Casimiro Ramos.

“O Conselho de Administração gostaria de, publicamente, deixar uma palavra de reconhecimento à comunidade que serve, pela confiança depositada na Instituição”, afirma Casimiro Ramos. “Impõe-se também uma palavra de agradecimento aos nossos profissionais, em todas as suas áreas, por terem sido capazes de corporizar o sentido de serviço público que está no código genético do CHMT”, conclui.

O CHMT integra três unidades hospitalares, localizadas em Abrantes, Tomar e Torres Novas e tem uma área de abrangência que engloba 15 concelhos, servindo uma população de cerca de 255 mil habitantes. O CHMT tem como missão a prestação de cuidados de saúde diferenciados, com eficiência e qualidade, em articulação com outros serviços de saúde e sociais da comunidade, assumindo-se como um centro de elevada competência na organização e prestação assistencial, uma referência no esforço de investigação, desenvolvimento e inovação, promovendo a complementaridade entre as três Unidades Hospitalares.

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - julho 2024
Jornal de Abrantes - julho 2024
PUB