ESPECIAL COVID-19

Médio Tejo com mais 24 novos infetados com SARS-CoV2

2021-09-04

A Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo (USPMT) registou nas últimas 24 horas mais 24 novos infetados com SARS-CoV-2 nos 11 concelhos da sua abrangência. De acordo com o relatório epidemiológico diário do Médio Tejo a região tem agora um total de 14 986 casos acumulados desde que começou a pandemia na região. As 24 novas infeções comunicadas à saúde pública pelos laboratórios nas últimas 24 horas foram registados em Abrantes (7), Constância (1), Mação (2), Ourém (4), Tomar (7), Torres Novas (2) e Vila Nova da Barquinha (1).

Os médicos de família fizeram na sexta-feira a atualização das altas da Covid-19 com 221 pessoas a deixaram o isolamento por infeção do coronavírus. O total de pessoas dadas como recuperadas é neste sexta-feira 14 200 e o número de óbitos não teve alteração. Há a lamentar 392 mortes na região associadas à Covid-19.

Com esta atualização o número de casos ativos no Médio Tejo passou a ser de 575 localizados em Abrantes (58), Alcanena (67), Constância (6), Entroncamento (67), Ferreira do Zêzere (25), Mação (17), Ourém (167), Sardoal (6), Tomar (62), Torres Novas (97) e Vila Nova da Barquinha (11).

O número de pessoas que estão em confinamento por terem contactado com infetados mantém-se igual a sexta-feira. No total, há na região 303 pessoas a quem foi decretada a quarentena pelo período de 14 dias e que devem ficar em isolamento em casa. Desde que começou a pandemia que a USPMT já decretou um total de 10 457 confinamentos e deu alta do isolamento a 10 128 pessoas.

As 303 pessoas em vigilância ativa este sábado, estão confinadas em Abrantes (30), Alcanena (40), Constância (7), Entroncamento (43), Ferreira do Zêzere (5), Mação (23), Ourém (76), Sardoal (11), Tomar (35), Torres Novas (32) e Vila Nova da Barquinha (1).

Portugal registou 1.713 novas infeções com o vírus da covid-19 e 13 mortes atribuídas à doença nas últimas 24 horas, período em que diminui o número de pessoas internadas, segundo os dados oficiais de hoje.

Há hoje 664 pessoas internadas nos hospitais infetadas com o coronavírus SARS-CoV-2 (menos 17 do que na sexta-feira), sendo que 139 estão em unidades de cuidados intensivos (mais três), de acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) que faz o ponto da situação diário da evolução da pandemia da covid-19 em Portugal.

As 1.713 novas infeções no país foram, na sua maioria, registadas na região de Lisboa e Vale do Tejo (630) e Norte (553).

Os 13 óbitos atribuídos à doença ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo (seis), no Algarve (quatro), no Centro (duas) e no Norte (uma).

Dez destas vítimas mortais tinham mais de 80 anos, uma tinha entre 70 e 79 anos e duas tinham entre 60 e 69 anos, segundo os dados da DGS.

Por outro lado, foi no grupo etário entre os 20 e os 29 anos de idade que se registaram mais infeções novas nas últimas 24 horas (mais 371).

Seguem-se os que têm entre 10 e 19 anos de idade (mais 275 infeções confirmadas), o grupo entre 40 e 49 anos (mais 245 infeções confirmadas) e a faixa etária entre os 30 e os 39 (mais 241).

 

2021-09-04