USPMT: Portugal com recorde de 52.549 infeções e Médio Tejo com mais 862 contágios

19/01/2022 às 17:37

A Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo (USPMT) voltou a registar em 24 horas mais de 800 contágios com o coronavírus. De acordo com o boletim epidemiológico diário desta região há mais 862 novos casos positivos. O total acumulado de infetados, desde o início da pandemia, subiu para os 33.856 casos.

Os 862 contágios reportados esta quarta-feira estão localizados em Abrantes (122), Alcanena (33), Constância (12), Entroncamento (78), Ferreira do Zêzere (39), Mação (19), Ourém (232), Sardoal (7), Tomar (170), Torres Novas (124) e Vila Nova da Barquinha (26).

Já com os 862 contágios reportados nas últimas 24 horas o número de casos ativos no território dos 11 concelhos da saúde do Médio Tejo foi atualizado para 7.897. Estes casos estão localizados em Abrantes (1.228), Alcanena (440), Constância (156), Entroncamento (770), Ferreira do Zêzere (294), Mação (152), Ourém (1.662), Sardoal (177), Tomar (1.464), Torres Novas (1.206) e Vila Nova da Barquinha (245).

No que diz respeito aos internamentos no Médio Tejo, fonte do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) deu conta que números estão estabilizados, sem muitas variações. De acordo com o que a Antena Livre conseguiu apurar as pessoas em internamento têm sido cerca de três dezenas e em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) têm estado, de forma variável, entre 4 e 6 doentes. Esta estabilidade tem-se mantido mesmo com a subida acentuada dos novos contágios diários que temos vindo a conhecer.

De notar que, segundo o CHMT, indica que muitos dos doentes não estão internados por doença aguda provocada pela COVID-19, mas testaram positivo ao SARS-CoV2 no âmbito de outras patologias.

O Centro Hospitalar do Médio Tejo tem na unidade de Abrantes a sua unidade de referência para a região.

Portugal registou 52.549 novas infeções com o coronavírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, um novo máximo desde o início da pandemia, e mais 33 mortes associadas à covid-19, indicam números divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Pelo segundo dia consecutivo, Portugal bate um novo máximo de novos contágios, com mais 8.820 infeções do que na terça-feira.

Segundo o relatório da avaliação da situação epidemiológica da DGS, há mais 23.691 casos ativos desde a véspera, totalizando agora 356.477 infeções.

Os dados indicam uma subida ligeira no número de internamentos em enfermaria, mais quatro, e uma descida nos cuidados intensivos, menos sete.

Estão agora internados 1.959 doentes, dos quais 153 em unidades de cuidados intensivos.

Os 33 novos óbitos associados à covid-19 ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo (15), na região Norte (10), no Centro (5), na Madeira (1), nos Açores (1) e no Alentejo (1).

Partilhar nas redes sociais: