ESPECIAL COVID-19

Centro Hospitalar do Médio Tejo com carência de médicos em 12 especialidades

2020-08-06

Há no país vários hospitais com carência de médicos em muitas especialidades, alguns deles com carências de mais de uma dezena de especialistas. De acordo com um despacho publicado pelo governo esta quinta-feira, 6 de agosto, a lista coloca os hospitais do interior, principalmente do norte alentejano, naqueles que apresentam mais carências.

O objetivo do Governo é, com base na identificação agora feita, atribuir incentivos à mobilidade dos médicos para zonas onde estes fazem mais falta, cumprindo algo previsto num Decreto-Lei de junho de 2015.

Das duas dezenas de hospitais, centros hospitalares ou unidades locais de saúde que o Ministério da Saúde confirma que têm carências em determinadas especialidades, o Centro Hospitalar do Médio Tejo surge com uma dúzia de especialidades em que apresenta carências.

De acordo com o documento o CHMT apresenta carências em: Anestesiologia, Cardiologia, Cirurgia Geral, Gastrenterologia, Ginecologia/Obstetrícia, Imuno-Hemoterapia, Medicina no Trabalho, Neurologia, Otorrinolaringologia, Pneumologia, Radiologia e Radioncologia.

Segundo as contas feitas neste documento a especialidade com dificuldades nos hospitais portugueses, surge destacada a anestesiologia com carências em 17 entidades hospitalares do serviço público de saúde.

Depois da anestesiologia, as maiores faltas surgem na urologia (12) e depois a radiologia (11).

 

(Consulte aqui o DESPACHO do Governo)

2020-08-06