Município Abrantes
PUB

Saúde: CHMT e Cruz Vermelha Portuguesa formalizam cooperação para formação de profissionais (C/ ÁUDIO)

9/03/2022 às 20:01

O presidente do CHMT – Centro Hospitalar do Médio Tejo, Casimiro Ramos, e a presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, Ana Jorge, assinaram hoje, no Hospital de Torres Novas, um protocolo de cooperação entre as duas instituições que tem como objetivo captar e capacitar jovens da região para as profissões técnicas e operacionais da Saúde.

Este protocolo envolve a formação de competências de profissionais de Saúde, através do pólo de Torres Novas da Escola Profissional da Cruz Vermelha Portuguesa, disponibilizando o CHMT os seus serviços para realização de estágios dos formandos. A parceria hoje firmada irá também permitir a realização de estágios no CHMT no âmbito de Licenciaturas e ensino pós-graduado.

Esta colaboração entre o CHMT e a CVP nasce do reconhecimento que é uma mais-valia o reforço de competências prévias dos profissionais que asseguram, nomeadamente, as funções de assistentes operacionais nos serviços de Saúde.

Estes profissionais são da maior importância para as instituições e para os utentes – garantem a higiene e cuidados com forte componente de humanização aos doentes internados, asseguram a manutenção das condições de limpeza e higienização das instalações, executando, também, apoio logístico e administrativo.

Estas funções exigem uma crescente capacitação formativa que envolve a aquisição de um conjunto de conhecimentos, atitudes e aptidões com o objetivo de dar resposta às exigências das instituições de Saúde, cujos padrões de qualidade e satisfação do utente são cada vez mais elevados.

Estas competências incluem conhecimentos teórico/científicos na área da patologia, passando pela compreensão da organização da própria instituição de saúde, até às atitudes e aptidões relacionadas diretamente com a prestação de cuidados de saúde e a capacidade para comunicar com o doente e respetivos familiares nas mais diversas situações. Não menos importante, é que cada profissional tenha consciência da sua área de intervenção específica, assuma plenamente as suas responsabilidades nesse âmbito, mas não as ultrapasse.

É no âmbito deste quadro que surge a parceria entre o CHMT e a CVP – as unidades que integram o CHMT irão colaborar na formação de Técnicos Auxiliares de Saúde, nomeadamente através de campos de estágio para estes formandos nos diversos serviços. Alguns enfermeiros do CHMT participarão, igualmente, nas ações de formação teórica. Por outro lado, o CHMT também irá colaborar com as Escolas Superiores de Saúde da Cruz Vermelha, também como campos de estágio, tanto de alunos das licenciaturas, bem como, no ensino pós-graduado.

“Os desafios na área da Saúde são cada vez maiores e mais complexos, como pudemos assistir nos últimos dois anos de combate à pandemia”, afirma Casimiro Ramos, presidente do Conselho de Administração do CHMT, acrescentando: “Esta parceria surge num momento de viragem crucial. Trabalhar em Saúde envolve uma aprendizagem e formação continuas, e a pandemia também paralisou essa importante componente formativa. Mas também nos deu importantes lições, nomeadamente sobre a importância da humanização dos cuidados, que agora podemos integrar em boas-práticas e nos conteúdos programáticos formativos, para futuras situações de resposta a questões de saúde pública”.

Ana Jorge, presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, explicou: “Com o lançamento deste protocolo, daremos em conjunto com o CHMT, um contributo para a existência de saídas profissionais com empregabilidade garantida, em Hospitais, cuidados continuados ou em estruturas residenciais para idosos. Os jovens poderão igualmente prosseguir estudos superiores, se assim for o seu desejo”. A presidente da Cruz Vermelha explicou ainda que o Protocolo também irá abranger a área de investigação.

Casimiro Ramos acredita que maior qualificação dos profissionais resultará em melhores cuidados de saúde: “O CHMT encara a valorização e capacitação dos seus atuais e futuros profissionais como uma semente para um futuro com maiores níveis de eficiência e satisfação global pelos serviços prestados”.

Galeria de Imagens

Partilhar nas redes sociais:
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - agosto 2022
Jornal de Abrantes - agosto 2022
PUB