ESPECIAL COVID-19

Abrantes: 150 bombeiros e 8 meios aéreos apagaram incêndio perto do Carregal (Souto) - (ATUALIZADA C/ÁUDIO)

2020-09-11

19:30

Incêndio considerado em resolução.

De acordo com o comandante dos Bombeiros Voluntários de Abrantes o fogo começou numa zona de um vale entre Carregal e Ribeira da Brunheta, aldeias pertencentes à União das Freguesias de Aldeia do Mato e Souto.

O fogo começou, segundo o comandante dos bombeiros, com alguma violência numa zona de difícil acesso próximo das habitações. A presença dos meios aéreos, principalmente dos aviões (4 firebox) e dos quatro helicópteros e com uma proximidade da albufeira do Castelo de Bode, fizeram com que o fogo fosse rapidamente extinto.

António Manuel disse que cerca das 19:30 estava a ser constituído um grupo de reforço, em Montalvo, que poderia ser desmobilizado. 

António Manuel de Jesus, comandante Bombeiros Abrantes

19:20

Incêndio a ceder aos meios. 

148 operacionais apoiados por 39 viaturas e sete meios aéreos (4 aviões e 3 helicópteros). 

Ainda estão a chegar meios ao teatro de operações. É visível que o fogo está a ceder aos meios, apesar de estar localizado num vale de difíceis acessos. 

18:20

Há um incêndio a preocupar os bombeiros nesta tarde no norte do concelho de Abrantes e para o qual já foram mobilizados 75 operacionais com 21 viaturas e dois meios aéreos.

O incêndio começou às 18:03 na zona de Carregal, União das Freguesias de Aldeia do Mato e Souto, apesar da página da Proteção Civil estar a localizá-lo em Ribeira da Brunheta.

Às 18:25 o comandante dos Bombeiros de Abrantes indicou que estavam a chegar os meios ao local e que era uma zona de acessos complicados.

2020-09-11