Município Abrantes
PUB

Entroncamento: Entroncamento: Presépio da Igreja da Sagrada Família foi vandalizado e destruído

27/12/2021 às 15:53

O Presépio montado em frente ao altar da Igreja da Sagrada Família do Entroncamento foi vandalizado na manhã deste domingo, 26 de dezembro, após a habitual celebração da missa das 9h30, transmitida em direto no Facebook da Paróquia, no jornal EOL - EntroncamentoOnline e na Rádio Voz do Entroncamento.

Segundo informação enviada à Antena Livre, o autor dos desacatos é, alegadamente, um indivíduo do sexo masculino, “na casa dos 35-40 anos”, envergando uma mochila de campismo, “o que levou alguns fiéis a acreditar tratar-se de um peregrino em passagem pela paróquia. Tinha estado a pedir esmola à porta da Igreja e, no final da celebração, entrando, deslocou-se à sacristia para pedir dinheiro à zeladora presente no local. Tendo esta respondido que não tinha dinheiro que lhe pudesse dar, o indivíduo voltou para o exterior do templo”.

“Após os quatro elementos que cuidavam da Igreja saírem do local, o homem procurou certificar-se de que não era visto, olhando em torno da Igreja, o que chamou a atenção da Irmã Maria de Jesus Santos SNSF, que, reparando nesta atitude, decide voltar para trás. Apercebendo-se de que o indivíduo correu para o interior do templo, a religiosa procurou também aproximar-se rapidamente da entrada do mesmo, mas antes que pudesse alcançá-la, começa a ouvir um intenso ruído de coisas a partir”, foi referenciado.

Após a entrada da Irmã na Igreja, “o homem apercebeu-se da presença de mais alguém e, cessando a ação de destruição que estava a levar a cabo, procurou abandonar rapidamente o local, pontapeando os bancos e as cadeiras e vociferando palavrões. A religiosa que, entretanto, temendo pela sua integridade física, saiu, solicitou a um vizinho que passava naquele momento que ligasse para a polícia, explicando o sucedido. O vizinho, apercebendo-se da gravidade da situação, iniciou uma perseguição ao indivíduo, que havia avistado, ao mesmo tempo que estava em contacto com a PSP”.

A PSP conseguiu, desta forma, intercetar o autor dos desacatos perto da Estação dos Caminhos de Ferro, tendo procedido de imediato à sua identificação.

A PSP deslocou-se depois à Igreja da Sagrada Família, onde, com a ajuda da Irmã Maria de Jesus, analisou os estragos, recolhendo provas fotográficas. Mais tarde, os elementos desta força policial entraram em contacto com o P. Luciano Oliveira, a fim de abordar a situação e as providências a tomar.

As várias imagens que compunham o presépio da Igreja da Sagrada Família “tinham um valor considerável”. Foram pontapeadas e apedrejadas, ficando irremediavelmente destruídas. Parte do musgo foi removido e atirado em todas as direções. Três dos quatro recipientes de vidro contendo as velas do Advento foram também partidos. O altar da igreja foi profanado, havendo marcas de calçado na toalha que cobre o mesmo e tendo esta última sido rasgada.

A Igreja da Sagrada Família do Entroncamento tem as portas abertas em horário diurno para acolher as pessoas que queiram rezar ao longo do dia.

Recorde-se que, há cerca de um ano, uma missa que estava a ser celebrada nesta igreja, foi interrompida por um homem com uma mensagem contra o cristianismo. Segundo a informação recolhida, “os factos ocorridos não são alheios a uma onda de insegurança que a cidade do Entroncamento tem experienciado nos últimos tempos”.

O Presépio antes da destruição

 

Partilhar nas redes sociais:
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - agosto 2022
Jornal de Abrantes - agosto 2022
PUB