Antena Livre
Deseja receber notificações?
Município Abrantes
PUB

Violência Doméstica: GNR detém dois homens em Ponte de Sor e Tomar

23/10/2023 às 15:34

Um homem, de 43 anos, foi detido pela GNR pelo crime de violência doméstica contra a ex-companheira, de 40 anos, no concelho de Ponte de Sor, tendo os militares apreendido oito espingardas, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a GNR revelou que o homem foi detido por militares do Núcleo Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) da Guarda, na passada quarta-feira.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares do NIAVE pertencente ao Comando Territorial de Portalegre daquela força de segurança apuraram que o suspeito “exercia coação psicológica e agressões físicas contra a vítima”.

No seguimento das diligências policiais efetuadas, a GNR deu cumprimento a um mandado de busca domiciliária, na residência do suspeito, e apreendeu oito espingardas de caça e 275 cartuchos.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Ponte de Sor, na quinta-feira, e saiu em liberdade, mas sujeito a diversas medidas de coação, como a proibição de contacto com a vítima através de qualquer meio ou a proibição de se aproximar da residência da vítima.

O homem está também proibido de se aproximar do local de trabalho da ex-companheira e de adquirir ou utilizar armas de fogo.

Segundo a Guarda, esta ação policial contou com o reforço dos militares do Posto Territorial de Ponte de Sor.

Já o Comando Territorial de Santarém, através do Posto Territorial de Tomar, no dia 18 de outubro, deteve um homem de 31 anos, por violência doméstica, no concelho de Tomar.

No seguimento de uma denúncia por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o agressor exercia coação psicológica, ameaças e agressões físicas contra a vítima, uma mulher de 38 anos. No âmbito das diligências policias, os militares da Guarda deram cumprimento a um mandado de detenção, que culminou na detenção do suspeito.

O detido, com antecedentes criminais por violência doméstica, encontrava-se em pena suspensa pelo mesmo tipo de crime, permaneceu nas instalações desta Guarda e foi presente no Tribunal Judicial de Tomar, no dia 19 de outubro, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva, tendo sido conduzido ao Estabelecimento Prisional de Leiria.

A violência doméstica é crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva. Se precisar de ajuda ou tiver conhecimento de alguma situação de violência doméstica participe:

No Portal Queixa Eletrónica, em www.queixaselectronicas.mai.gov.pt;

Via telefónica, através do número de telefone: 112;

No Posto da GNR mais próximo à sua área de residência, tendo os contactos sempre à mão em www.gnr.pt/contactos.aspx;

Na aplicação App MAI112 disponível e destinada exclusivamente aos cidadãos surdos, em http://www.112.pt/Paginas/Home.aspx;

Na aplicação SMS Segurança, direcionada a pessoas surdas em www.gnr.pt/MVC_GNR/Home/SmsSeguranca.

C/ Lusa

 

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - fevereiro 2024
Jornal de Abrantes - fevereiro 2024
PUB