ESPECIAL COVID-19

Abrantes: Ponte ferroviária vai ter obras de 3,5 milhões de euros

2021-01-26

A informação consta do Diário da República de 22 de janeiro e foi anunciada esta terça-feira na reunião do executivo municipal de Abrantes pelo presidente Manuel Jorge Valamatos. A Infraestruturas de Portugal lançou o concurso público para a realização de uma empreitada de reforço/proteção das fundações da Ponte Ferroviária sobre o Tejo, Linha da Beira Baixa, em Abrantes.

De acordo com as características técnicas da intervenção, o reforço das estruturas terá em conta a “reparação das anomalias existentes nas placas de base dos aparelhos de apoio no pilar P6, prevendo-se a sua substituição; implementação de soluções que garantam a proteção da estrutura contra fenómenos de erosão, nomeadamente os originados pelo escoamento do rio Tejo e outros agentes externos prejudiciais à integridade da estrutura.”

A obra incluirá também trabalhos de reforço da estrutura para as principais ações horizontais (forças de frenagem e sismo) e terá ainda em conta a implementação de soluções que garantam a proteção da estrutura contra fenómenos de erosão, nomeadamente os originados pelo escoamento do rio Tejo e outros agentes externos prejudiciais à integridade da estrutura.

A empreitada é da responsabilidade da Infraestruturas de Portugal, S. A., sendo o valor do preço base do procedimento de 3, milhões e 500 mil euros e o prazo de execução estimado em 600 dias.

O prazo para a entrega das propostas, que terá uma avaliação de 50% pela valia técnica e 50% peço preço, é de 47 dias após a apresentação do concurso, ou seja, 22 de janeiro.

Manuel Jorge Valamatos realçou a importância desta intervenção, tendo expressado o desejo de que a obra “possa arrancar a todo o tempo para que possamos ter a nossa ponte ferroviária requalificada”.

A ponte foi construída em 1889 (final da obra) e tem como data de abertura de 1991. Tem uma extensão de 427,7 metros e cruza o rio Tejo de sul para norte, ficando entre as estações de Abrantes (Rossio ao Sul do Tejo) e Alferrarede.

2021-01-26