ESPECIAL COVID-19

Abrantes: 407 alunos receberam computadores e 280 recebem refeições diárias (C/ÁUDIO)

2021-02-10
DR
DR

O concelho de Abrantes está a distribuir 407 computadores aos alunos do concelho, faltando, de acordo com o que conseguimos saber, fazer as entregas aos alunos do secundário por atrasos do ministério da educação.
Manuel Jorge Valamatos, presidente da Câmara de Abrantes, disse que este processo levou a Câmara a ter de adquirir mais 160 computadores em relação ao primeiro confinamento.

O autarca deu conta da entrega dos equipamentos que foram todos preparados pelos técnicos de informática do Município, por forma a poderem ser utilizados sem necessidade de instalação de qualquer software por parte dos alunos.

Manuel Jorge Valamatos

Na página de Facebook do autarca, numa publicação em que dá conta desta entrega há dois encarregados de educação que nos comentários dizem não ter recebido o equipamento.

A Antena Livre tentou aferir a veracidade e o que conseguimos saber foi que as entregas dos equipamentos são feitos de duas formas: para os alunos que vivem em zonas mais distantes da cidade a autarquia fez chegar os computadores a casa. Nos alunos mais próximos da cidade são as escolas que vão chamando os encarregados de educação para fazer a entrega dos computadores.

De acordo com a vereadora com o pelouro da educação, Celeste Simão, já foi pedido um relatório aos agrupamentos de escolas no sentido de saber se as entregas foram feitas e se foi detetado mais algum caso em que seja necessário o empréstimo de computador.

Refira-se que estes computadores são emprestados aos alunos que devem zelar pelo seu bom estado. No caso dos computadores atribuídos aos alunos pelo Ministério da Educação é dito que os mesmos estão com os jovens até ao 9.º ano de escolaridade.
Outro assunto que o presidente da Câmara de Abrantes referiu em relação a este novo período de confinamento e de ensino à distância o município está a fornecer 280 refeições diárias aos alunos dos escalões A e B. Manuel Jorge Valamatos diz que os serviços vão falar com a empresa que está a confecionar estas refeições para ter mais atenção no conteúdo e quantidade das mesmas.
rm

Manuel Jorge Valamatos

O autarca explicou ainda que o concelho tem duas escolas (António Torrado e Maria Lucília Moita) destinadas a receber presencialmente os alunos, até aos 12 anos, filhos de profissionais de saúde que estão na linha da frente no combate à pandemia.

Celeste Simão informou os vereadores que a Câmara Municipal de Abrantes detém a presidência da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) e que espera que neste período de confinamento os agrupamentos de escolas (Manuel Fernandes, Solano de Abreu e EPDRA) possam acompanhar, sinalizar e informar sobre eventuais questões que detetem. Há casos que são acompanhados pela CPCJ que podem acrescentar mais dificuldades de acompanhamento com o ensino à distância. Por outro lado, nesta fase, podem até surgir novos casos que as escolas poderão identificar, daí que tenha sido feito este pedido de atenção aos agrupamentos do concelho.

Celeste Simão

Com o novo período de confinamento, Manuel Jorge Valamatos, disse que o município tem envolvidos nesta área do ensino à distância 30 funcionários da área da educação, social e informática.

2021-02-10