ESPECIAL COVID-19

COVID-19: Médio Tejo com mais 8 casos positivos em 5 concelhos e 23 recuperados(C/ÁUDIO)

2020-08-07

Esta sexta-feira o Médio Tejo registou mais oito casos positivos de infetados com o novo coronavírus, mas em contraponto tem mais 23 pessoas que já estão curadas da COVID-19.

Os casos positivos foram registados em Constância (1), Mação (2), Ourém (1), Tomar (2) e Vila Nova da Barquinha (2). Com os casos oficializados hoje pela Unidade de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde do Médio Tejo aponta para um total acumulado de 461 casos positivos desde que começou a pandemia.

Nesta sexta-feira o Médio Tejo tem um total de 164 pessoas em vigilância ativa, ou seja, pessoas que de alguma forma que contactaram com pessoas infetadas. As vigilâncias estão registadas em Abrantes (15), Constância (2), Entroncamento (10), Ferreira do Zêzere (4), Mação (32), Ourém (11), Tomar (65), Torres Novas (23) e Vila Nova da Barquinha (2).

Maria dos Anjos Esperança explicou a origem dos casos desta sexta-feira, sendo que os de Barquinha e Ourém têm a ver com pessoas que vieram de fora do país, os de Tomar são casos secundários da Ribasabores, os de Mação são contactos de pessoas ligadas ao caso de Belver, concelho de Gavião, e o de Constância é uma pessoa que regressou de férias e que testou positivo. Neste caso há um conjunto de contactos mais diretos que já fizeram hoje os testes de despistagem do coronavírus.

Maria dos Anjos Esperança

O ACES Médio Tejo abrange a área territorial de 11 municípios com cerca de 235 mil utentes. Abrange as unidades de saúde de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila nova da Barquinha, numa área territorial de 2.706,10 Km's quadrados.

Já os concelhos da Sertã e Vila de Rei que fazem parte do Médio Tejo na divisão político-administrativa em termos de saúde pertencem ao ACES do Pinhal Interior Sul que abrange ainda os concelhos de Proença-A-Nova, Oleiros e cerca de 30 mil utentes.

 

COVID-19: Idosos e funcionários do lar da Fundada com testes negativos

Foram conhecidos esta tarde os resultados de todos os testes feitos aos utentes do lar da Fundada e as notícias foram boas: todos os testes tiveram resultados negativos. Já ontem tinham sido conhecidos os resultados dos testes feitos aos cerca de 40 funcionários do lar e também tinham sido negativos.

Depois de conhecido o caso positivo de uma uma colaboradora do lar, residente na Sertã, foram realizados durante esta semana testes a toda a instituição e que confirmaram que o vírus não se espalhou na instituição.

O presidente do Município de Vila de Rei, Ricardo Aires, enalteceu “o comportamento e cumprimento das normas de segurança por parte dos funcionários e que são impostas, quer nesta instituição, quer nas restantes estruturas residenciais para idosos do nosso concelho. O cumprimento destas regras tem sido fundamental para que o vírus não tenha alastrado a Vila de Rei”.

Ricardo Aires deixou ainda uma “palavra de apreço à Delegada de Saúde, pelo seu profissionalismo, constante preocupação e rapidez nas tomadas de decisão, que nos transmitem segurança e confiança para ultrapassar os problemas que podem surgir”. E conclui a curta declaração com os votos de “rápidas melhoras à funcionária infetada e que recupere rapidamente.”

 

2020-08-07