Município Abrantes
PUB

Antena Livre: A Antena Livre faz anos, estreia nova plástica e lança novo site

21/01/2022 às 10:41

Foi algures, a 21 de janeiro de 1981, que começaram as emissões regulares da RAL- Rádio Antena Livre.

41 anos volvidos, em dia de aniversário, a rádio apresenta esta sexta-feira, 21 de janeiro de 2022, a sua nova página na internet. Trata-se de um portal que junta a informação online produzida pela redação aos conteúdos do FM. Entre todas as notícias ligadas à música, disponibiliza ainda os conteúdos em áudio. E é nos “podcast” que temos as crónicas de opinião, os noticiários alargados das 12 horas e as rubricas que integram a Edição da Manhã.

Esta nova página na internet foi desenvolvida em parceria com a empresa Bild e teve como objetivo fazer uma atualização da anterior. Criando uma atualização em termos gráficos e naquilo que são as novas tendências do online, pretende também ter uma linha próxima das outras páginas do Grupo Media On, ou seja, o Jornal de Abrantes que passou a integrar a plataforma Sapo e a Rádio Tágide.

Para além da nova página, os ouvintes foram também surpreendidos com uma nova plástica sonora. Por forma a assinalar este 41.º aniversário, a rádio estreou novos jingles, separadores e indicativos de notícias e dos programas de informação que, brevemente, esperamos, vão voltar a antena.

41 anos com nova imagem sonora

Se em 2021 a estação mudou a imagem com o novo logótipo, este 21 de janeiro de 2022 teve um ajuste na plástica da emissão.

Começando pela produção de uma réplica de um jingle cantado da RAL que ficou na memória de todos quantos ouviam essa sonoridade.

Com todas as novas tecnologias e com o avanço no digital, processos em que a Antena Livre está totalmente envolvida, continua a fazer sentido, por cá a frase: “A tentação de fazer, o prazer de escutar, Rádio Local”. E, nesse sentido, desafiamos o Studyo 78 a remisturar esse jingle para uma versão atual. Com as vozes da Ana Filipa Rosado e do Pedro Dionísio este foi o resultado:

Para quem ouve a rádio desde esta manhã notou, com toda a certeza, que há jingles novos em antena, assim como novos indicativos das notícias, dos alargados de informação e da opinião do dia.

Lançamento do livro “Estórias da Nossa História”

A pandemia que molda a vida social desde março de 2020 tem impedido a realização de eventos de grande envolvimento social como sejam a Gala Antena Livre / Jornal de Abrantes. Também para este ano (2021 e estes primeiros dias de 2022) a rádio tinha em agenda um conjunto de iniciativas que tiveram de ficar em suspenso até termos uma vida “mais normal”.

Mas nesta sexta-feira, e ainda como forma de assinalar os 40 anos da estação emissora de Abrantes, vai ser lançado o livro “Estórias da Nossa História”. É verdade, a rubrica da autoria de Isilda Jana sai do FM para o papel, num livro editado por José Alves Jana.

O lançamento acontece esta sexta-feira, dia 21 de janeiro, depois das 18 horas na Biblioteca Municipal António Botto e terá transmissão em direto na Antena Livre. E se pode ter o livro, pode ouvir as rubricas no site da rádio, em www.antenalivre.pt.

2021 trouxe novo logótipo e mudança de frequência

2021 tinha, para a administração da Média On, empresa detentora da rádio Antena Livre, alguns objetivos ambiciosos. Alguns foram concretizados. Outros tiveram de ser adiados muito por causa da pandemia.

Comecemos por aqui. No início do ano estava prevista a mudança de instalações para o centro histórico de Abrantes. Foi há um ano que mostrámos o edifício que irá albergar as novas instalações da rádio, o edifício conhecido como “Condorcet”.

Tal como está a acontecer nas obras de construção civil e obras públicas, há muita dificuldade em determinadas matérias-primas que dificultam o cumprimento de prazos por parte de muitas empresas da área da construção. E este fator levou a que tenha havido um atraso considerável na adaptação do edifício para albergar os novos estúdios da rádio e, consequentemente, o seu regresso ao centro histórico da cidade.

Luís Ablú Dias, administrador da Media On, mantém o objetivo traçado, mas com um natural ajuste nos calendários de investimento, prevendo para este ano a conclusão dos trabalhos no edifício.

Mas como a rádio não pode ficar em suspenso à espera das novas instalações, a Media On deu início ao investimento, faseado, na reconversão tecnológica da estação emissora. Desde o microfone ao emissor, está a ser feito um avultado investimento por forma a dotar a rádio dos melhores equipamentos informáticos, de áudio, de emissão, incluindo software’s. Essa mudança começou a ser feita no último mês de dezembro de 2021 e vai continuar no primeiro trimestre de 2022.

Paralelamente a este processo, desenvolvido pela administração, havia outros previstos e que já avançaram.

Em 2001 a rádio tinha feito uma grande alteração na sua imagem. Na altura foi uma mudança radical, por forma a adequar a imagem à reestruturação do projeto. 20 anos depois, em 2021, numa parceria com a Naperon e com o designer Paulo Passos, foi feita uma atualização da imagem da rádio. Entre o logótipo base, foram criadas variações da imagem para as mais variadas utilizações. O objetivo foi passar a dar mais visibilidade ao nome “Antena Livre” ao invés do destaque da frequência, que tinha sido o destaque em 2001.

O primeiro trimestre do ano passado também trouxe a mudança de frequência. Dos 89.7 FM desde 1989, a rádio voltou à frequência que tinha antes da legalização das rádios, ou seja, antes de 89, e que era o 96.7 FM. Este era também, e em termos de melhoria das condições de emissão, um objetivo primordial para podermos ter melhor sinal na área de cobertura.

Pelo meio do ano houve também a necessidade de mudar a localização do centro emissor.

De acordo com Luís Ablú Dias, “apesar de a pandemia ter atrasado um dos nossos objetivos, a mudança dos estúdios, conseguimos dar passos certos naquilo que são os objetivos de médio prazo da empresa. Exemplo disso é estarmos hoje a lançar o novo site, depois da imagem, depois da frequência”. O administrador da Media On revelou ainda que a equipa da direção de programas e de informação espera, tão rápido quanto a pandemia deixar, voltar a ter em antena alguns programas de informação âncora da rádio, assim como a possibilidade de a rádio poder voltar a organizar eventos e iniciativas na sociedade.

“Em 2022 vamos ter os processos mais técnicos concluídos”, concluiu o administrador da Média On, destacando também o trabalho que tem sido desenvolvido pelo Jornal de Abrantes que todos os meses está na rua, assim como a Rádio Tágide, que continua a fazer o seu percurso como estação exclusivamente online do grupo.

Nos 41 anos temos festa muito recatada. Esperemos que daqui a um ano possamos assinalar os 42 com festa rija.

Aos ouvintes e seguidores do online e do Facebook, obrigado pela vossa preferência. Estamos cá para mais uma volta em redor do Sol.

 

Partilhar nas redes sociais:
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - julho 2022
Jornal de Abrantes - julho 2022
PUB