ESPECIAL COVID-19

Abrantes: Escada passa-peixe do açude já funciona e peixe já está a subir (C/ÁUDIO)

2020-07-12

Pressão da água mais forte do que o normal foi o problema que bloqueou a subida da fataça e tainha no açude de Abrantes. A informação foi confirmada à Antena Livre por João Caseiro Gomes, vice-presidente da Câmara de Abrantes depois das denúncias da semana passada do ambientalista Arlindo Consolado Marques.

João Caseiro Gomes confirmou esta manhã que o sistema que controla o automatismo da pressão da água “foi vandalizado novamente” e descontrolou a pressão com que a água entra na escada passa-peixe do açude e, desta forma, bloqueou a subida do peixe. O vereador explicou que os caudais até têm estado mais baixos do que deviam, pois, passa mais água no açude do que a que entra, naquilo que se designa por caudal ecológico.

Com estas alterações de caudal e sem o automatismo a escada passa-peixe terá tido uma pressão muito superior ao que deveria ter. “Há uma pressão certa para deixar circular as espécies piscícolas”, disse o vereador, acrescentado que os valores foram repostos e “já se vê o peixe a circular, pelo que dentro de dias teremos a situação normalizada”. O vereador disse ainda que já reforçaram os sistemas de vigilância e o policiamento, mas que mesmo assim há quem teime em vandalizar os sistemas que fazem o controlo automático das pressões da água.

“Agora vamos monitorizar as pressões para que se mantenham nos valores normais que permitam ao peixe a circulação”, concluiu o vereador João Caseiro Gomes.

João Caseiro Gomes, vice-presidente da Câmara de Abrantes

Imagem da escada passa-peixe recolhida a 11 de julho de 2020

A denúncia que o peixe estava a ficar barrado no açude de Abrantes foi feito na quarta-feira, 8 de julho, por Arlindo Consolado Marques depois de ter sido alertado por pescadores de Ortiga e por outros amigos que viram os cardumes junto ao açude.

Arlindo Consolado Marques disse que alertou a Câmara de Abrantes, através do vereador do BE Armindo Silveira, também ele ativista ambiental, e a linha SOS Ambiente. Disse o ambientalista que o problema estaria na escada passa-peixe porque em anos anteriores o peixe sempre subiu para a desova.

Imagem recolhida a 8 de julho de 2020

Notícia relacionada: Ambientalista faz denúncia de milhares de peixes "barrados" no açude de Abrantes (C/ÁUDIO E VÍDEO)

 

2020-07-12