Antena Livre
Deseja receber notificações?

JMJ: Forças Armadas vão apoiar em infraestruturas, equipamentos e alimentação

31/05/2023 às 17:17
Imagem Ilustrativa

As Forças Armadas vão disponibilizar infraestruturas, espaços, equipamentos e fornecer alimentação nos distritos de Leiria, Santarém, Lisboa e Setúbal durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), nomeadamente para alojar os polícias responsáveis pela segurança, foi hoje anunciado.

Numa resposta enviada à agência Lusa, o Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA) avança que “as Forças Armadas vão apoiar a realização da JMJ através da disponibilização, entre 23 de julho e 09 de agosto, de infraestruturas, espaços, equipamentos, fornecimento de alimentação e outros eventuais apoios solicitados nos distritos de Leiria, Santarém, Lisboa e Setúbal a fim de contribuir para o sucesso do evento e para a satisfação dos compromissos assumidos por Portugal”.

Segundo o EMGFA, as Forças Armadas têm planeado apoiar diretamente as forças e serviços de segurança envolvidas no evento e a Fundação da JMJ com as instalações e meios disponibilizados pelos três ramos e estruturas do Estado-Maior-General das Forças Armadas “numa lógica de proximidade do local do evento”.

O EMGFA destaca a disponibilidade de alojamento para 3.700 elementos, nomeadamente de polícias, instalação de sanitários, fornecimento de alimentação, viaturas de transporte de pessoal e carga e outras capacidades de apoio de serviços.

“As Forças Armadas poderão, ainda, com a capacidade sobrante, vir a prestar eventuais apoios adicionais neste âmbito, quer na área de Lisboa quer noutros locais do território nacional, sendo que a decisão será tomada em função da avaliação em cada momento”, precisa ainda o Estado-Maior-General das Forças Armadas.

Considerado o maior acontecimento da Igreja Católica, a JMJ vai realizar-se entre 01 e 06 de agosto em Lisboa, sendo esperadas cerca de 1,5 milhões de pessoas.

A Polícia de Segurança Pública já avançou que o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (cometlis) vai ser reforçado com 2.800 polícias de outros comandos do país, que se vão juntar aos cerca de 7.000 elementos do Cometlis, além do efetivo da Unidade Especial de Polícia.

A edição deste ano contará com a presença do Papa Francisco, que estará em Portugal entre 02 e 06 de agosto.

A JMJ de Lisboa esteve inicialmente prevista para 2022, mas foi adiada devido à pandemia da covid-19.

 Lusa

Partilhar nas redes sociais:
Partilhar no X
PUB
Capas Jornal de Abrantes
Jornal de Abrantes - julho 2024
Jornal de Abrantes - julho 2024
PUB