ESPECIAL COVID-19

Treinador dos Lobos de Carvalhal escreve aos treinador dos Wolves de Inglaterra

2020-09-10
DR
DR

O treinador da equipa dos Lobos de Carvalhal, concelho de Abrantes, escreveu a Nuno Espírito Santo, treinador da equipa “gigante” dos “lobos” de Inglaterra, ou “lobos do mundo”, como lhe chama.

Num tempo de indefinição sobre como serão os campeonatos amadores de futebol Miguel Alves escreve uma carta aberta ao também treinador português do Wolverhampton para deixar um lamento daquilo que é a situação atual.

Miguel Alves pede uma ajuda, qualquer que seja, do clube ou do treinador que, recorde-se, esta semana comprou o portista Fábio Silva por 40 milhões de euros.

Nesta carta o treinador dos Lobos de Carvalhal situa a aldeia e a realidade com que se vive o futebol por estas bandas e pelo campeonato do Inatel.

Se a carta vai chegar ou não ao treinador do Wolves logo se verá. O certo é que como marketing nas redes sociais está a funcionar e já chegou à imprensa nacional da especialidade.

Miguel Alves, treinador dos Lobos de Carvalhal

Leia a carta na íntegra:

 

De Miguel Alves Treinador dos Lobos de Carvalhal

Para: Nuno Espírito Santo Treinador dos “Lobos do Mundo” “Wolverhampton”

Caro Mister,

Também eu sou mister dos Lobos, também certificado pela UEFA, e resolvi adquirir esse conhecimento para poder apoiar com um pouco mais de eficácia quem solicita os meus préstimos, sentir por si só que estamos mais bem preparados é um sinal de confiança que damos a nós próprios.

Para já fiquei-me pelo UEFA “C” pois os cursos estão muito caros e Santarém fica longe demais para percorrer tantos kilometros num final de dia de trabalho, e as despesas são muitas que os clubes não podem suportar, neste caso sou o mister dos Lobos de Carvalhal, um clube do Inatel de Santarém.

Apenas para o situar, Carvalhal é uma aldeia com cerca de 700 habitantes que pertence ao concelho de Abrantes, região centro do País, com cerca de 17 km2 somos muito pequenos mas fazemos um trabalho imenso pela comunidade.

Todos os anos organizamos as festas de verão, somos nós que as concebemos, fazemos para ganharmos algum dinheiro para suprir as despesas que temos ao longo do ano, mas essencialmente por gosto, para recebermos os nossos emigrantes e todos os que amam a sua terra, fazemos por entrega, por paixão, por amor, somos da sua maioria todos do Carvalhal começando por mim que fui cá baptizado e os meus Pais nasceram nesta aldeia.

As festas do Carvalhal foram e são uma referencia local, juntamos dezenas largas de voluntários para as podermos realizar, e receber milhares de visitantes ao longo dos dias e das longas noites até o sol raiar.

Ser Lobo não se explica sente-se, ser Lobo é ser paixão, é ser entrega é ser perseverante, é ser resiliente, é chegar a casa cheio de pó, muito cansado, com mazelas, arranhado pelo pelado, queimado pela cal, com a vista cansada pela fraca iluminação, ser lobo nestas condições caro Mister Nuno é ser um tremendo apaixonado pelo desporto rei, é ser louco, é estar ainda menos tempo com a família, é tudo isso a subtrair mas muito a adicionar de sentimento.

Fui encontrar um clube com poucos recursos, com despesas fixas anuais para poder treinar, a iluminação de holofotes antigos, pois sistema de led nem pensar, e arcas a precisar de reparação são despesas adicionais, um clube que sobrevive à custa das festas de verão.

Um clube que é alavancado financeiramente por isso, mas este ano não tivemos as nossas festas! Como vamos fazer aquilo que mais gostamos? Como vamos inscrever os jogadores e a equipa? Nuno nós somos Lobos! Como podemos ficar de fora? Como podemos adquirir equipamentos novos que estão a ficar velhinhos? Como vamos poder comprar material e roupa para treinarmos? E os bebedouros individuais devido a esta maldita pandemia? E a protecção nos balneários? Como vamos fazer? E a dimensão dos mesmos? Nuno nós somos Lobos, temos a mesma cor de equipamentos, o mesmo símbolo, temos a mesma paixão, temos a mesma garra, temos o mesmo amor ao Clube, somos portugueses, somos latinos, não podemos vergar, não podemos vacilar, não podemos falhar! Nuno ajude-nos a participar, ajude-nos a ganhar!

O Nuno tem um Jota? Nós temos um Jota e um AJ! Tem o João Moutinho? Nós temos o Cristiano Coutinho! Tem o Pedro Neto? Nós temos o “gaiato” mas que já tem mais de 40 anos.

Por favor Mister Nuno, pode até parecer com este ultimo parágrafo que não estou a levar a sério o tema, mas acredite que é sério demais.

Peço encarecidamente aos Wolves e ao Mister Nuno Espírito Santo, que como é evidente somos fãs acérrimos, ao Clube pela quantidade de Portugueses que tem nas suas fileiras e pelo nome que despertou sempre a nossa curiosidade e pelo Mister pelo seu percurso ao longo de anos imaculado e de uma forma rectilínea que a mim em particular muito me agrada, naquilo que nos puder ajudar muito nos vai agradar.

Ficaremos eternamente gratos, em particular num ano como este, com a carga emotiva que todo o Mundo atravessa.

Um grande abraço e uma excelente época desportiva,

Muito Obrigado Mister.

Miguel Alves.

 

P.s: Peço a todos que partilhem esta “carta” o mais possível e que peçam ao vosso núcleo de amigos que o façam de forma a que seja possível chegar ao(s) seu(s) destinatário(s), os Lobos ficarão muito agradecidos pelas vossas partilhas, vamos acreditar que é possível ter o apoio do prestigiado Clube e/ou deste enorme Treinador, muito obrigado.

2020-09-10